Sem categoria

Prestação de serviços em Manaus, um bom negócio

Depois da faculdade de design, Rodrigo Bezerra tomou gosto pela prestação de serviços gráficos e montou o próprio empreendimento no ramo da comunicação visual, com serviços diversificados- foto: Diego Janatã

Depois da faculdade de design, Rodrigo Bezerra tomou gosto pela prestação de serviços gráficos e montou o próprio empreendimento no ramo da comunicação visual, com serviços diversificados- foto: Diego Janatã

Ao contrário da indústria e comércio, o setor de serviços se mantém em alta no país, e no Amazonas não é diferente. No Estado, a maioria dos prestadores de serviço se concentra nas áreas de reformas e reparos, design e tecnologia, eventos, serviços domésticos e assistência técnica. Divididos entre autônomos e micro e pequenas empresas, a renda média desses profissionais, que têm idade média de 35 a 45 anos, gira em torno de R$ 1 mil a R$ 4 mil, sendo que grande parte tem emprego fixo.

Os dados fazem parte de um levantamento que traz o perfil do Prestador de Serviço no Brasil, realizado pelo site GetNinjas, plataforma de cotação e contratação de serviços, que conta com 80 mil profissionais cadastrados em sua base. “Nós temos em torno de dois mil profissionais cadastrados só em Manaus, e quatro mil no Amazonas”, informa o CEO do GetNinjas, Eduardo L’Hottellier.

O designer Rodrigo Bezerra, 28, atualmente trabalha com a prestação de serviços gráficos. Ele conta que largou o emprego fixo depois que entrou na faculdade, ao tomar gosto pelos serviços extras. “Percebi que o último emprego não estava mais dando a rentabilidade que eu precisava. Comecei a fazer pesquisa de mercado e a trabalhar na informalidade, mas chegou o momento que o negócio cresceu e eu tive que decidir entre continuar me submetendo à empresa que estava ou arriscar”, conta.

Hoje proprietário da empresa Soluções Mídias, Bezerra afirma que o negócio deu certo e tem registrado crescimento da clientela em pouco mais de um ano da empresa no mercado. Segundo ele, o faturamento tem aumentado em torno de 100%. “A comunicação visual é um mercado promissor. Em Manaus, há muitas empresas nesse ramo. Mas, poucas oferecem um leque maior de serviços.
Geralmente, o cliente precisa ir a duas ou mais empresas para fazer todo o seu projeto”, aponta.

A microempresária Fernanda Vasconcelos, 27, trabalha com eventos, a terceira categoria com maior número de prestadores de serviço em Manaus. Ela relata que começou a empreender no ramo há sete anos, com eventos para o público adulto, e há três anos mudou o foco para produções de eventos infantis. “Fui apresentada ao ramo de eventos por um amigo e acabei adquirindo uma empresa e vi que para o público infantil o mercado é maior”, destaca.

Fernanda declara que os serviços de ornamentação são feitos por ela, o marido, o filho e um sobrinho, que juntos fazem em média 16 eventos por mês pela empresa Arca Encantada Decorações. “Fazemos todo tipo de evento infantil, como aniversário, chá de bebê e até 15 anos. Passamos a semana preparando tudo e no final de semana executamos o serviço. Temos mais de 50 temas infantis de festas”, aponta.

Site especializado em facilitar contratos

Segundo o executivo do GetNinjas, Eduardo L’Hottellier, a plataforma lançada em outubro de 2011 tem mais de um milhão de acessos por mês. No mesmo período, realiza aproximadamente cem mil orçamentos a pessoas que buscam contratar profissionais cadastrados em sua base. Além disso, gera um impacto na economia brasileira de R$ 7 milhões ao mês. “Levamos renda aos profissionais e ao mesmo tempo ajudamos no desenvolvimento dos micro e pequenos empresários”, destacou.

Eduardo salienta a segurança que há tanto para o profissional que se cadastra no GetNinjas quanto para os clientes que buscam pelo prestador de serviço na base da plataforma on-line. “Quando o profissional se cadastra no GetNinja, nós ligamos para ele, pegamos todos os dados de referência e conferimos tudo. Com isso, garantimos maior segurança a todos os nossos clientes”, afirmou.

Conforme o levantamento do GetNinjas, em Manaus há em torno de 900 profissionais que prestam serviço na área de reformas e reparos, 150 na de assistência técnica, 115 na de eventos, 110 na de serviços domésticos, e 90 na de design e tecnologia. No Estado, as categorias continuam na mesma posição, reformas com dois mil prestadores de serviço, assistência técnica (300), eventos (200), serviços domésticos (150), e design & tecnologia (110).

No país reformas e reparos fica em primeiro lugar com 27.863 profissionais, seguido de design e tecnologia (13.150), eventos (8.878), serviços domésticos (8.141) e assistência técnica (6.268).

Por Silane Souza (equipe EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir