Sem categoria

Presos irmãos suspeitos de matar homem embaixo de ponte por dívida de R$ 100

Os irmãos serão recolhidos nas próximas horas à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, situada no Centro, onde ficarão à disposição da Justiça. - foto: Mairkon Castro

Os irmãos serão recolhidos nas próximas horas à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, situada no Centro, onde ficarão à disposição da Justiça. – foto: Mairkon Castro

Os irmãos Marcio Marinho Rodrigues, 25, e Maikon Marinho Rodrigues, 20, foram apresentados na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na manhã desta terça-feira (23), suspeitos de assassinarem Erick Calado da Silva, 20, no último dia 3 de junho, embaixo da ponte Rio Negro, na Zona Oeste da Capital.

De acordo com o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, o crime foi motivado por uma dívida de R$ 100 que Erick tinha com a dupla.

Ainda de acordo com informações do delegado, a vítima tentou negociar, oferecendo uma blusa, mas os irmãos não aceitaram. Na hora do crime, Márcio teria segurado Erick e Maikon desferiu dois golpes de faca na altura do peito da vítima, que morreu na hora. Erick foi encontrado dois dias depois do crime, já em estado de decomposição debaixo da ponte Rio Negro.

Segundo os peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil, os irmãos deixaram a arma utilizada no assassinato cravada no peito do rapaz.

O delegado ressaltou, durante a apresentação da dupla, que Maikon é reincidente, pois já responde pelo crime de roubo, ocorrido no dia 26 de setembro de 2014, e foi condenado a quatro anos, em regime semiaberto.

Os irmãos serão recolhidos nas próximas horas à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, situada no Centro, onde ficarão à disposição da Justiça.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir