Sem categoria

Presos cinco envolvidos no latrocínio de pai e filho em mercadinho no Adrianópolis

O grupo foi autuado por latrocínio e associação criminosa. Após os procedimentos cabíveis serão levados para uma das unidades prisionais da capital - foto: Ana Sena

O grupo foi autuado por latrocínio e associação criminosa. Após os procedimentos cabíveis serão levados para uma das unidades prisionais da capital – foto: Ana Sena

Cinco pessoas envolvidas no latrocino (roubo seguido de morte) que vitimou Antônio Monteiro Filho,74, e o filho dele, Alan da Souza Monteiro,26, no dia 10 de fevereiro deste ano, em Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus, foram apresentadas na manhã desta quinta-feira (17) na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Zona Oeste de Manaus.

Os suspeitos são Jackson Bastos de Souza, 24, Jhordan Gato de Araújo, 18, Felipe Magiari Silva, 33, Renildo Gomes de Castro, 28, e Gabrielle Santos Paiva, 19.

Eles foram presos em diferentes pontos da cidade, sendo Felipe no bairro Santa Etelvina, Zona Norte, Reinaldo na Cidade Nova, também na Zona Norte, Gabrille no bairro Nossa Senhora das Graças, Centro-Sul, Jackson na Redenção, Zona Centro-Oeste, e Jhordan em Santarém (PA).

Segundo o titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), delegado Adriano Félix, no dia do crime, os suspeitos chegaram no mercadinho das vítimas em carro modelo Gol, de cor prata e placas JWT-1605, desceram do veículo e anunciaram o assalto.

Ainda conforme o delegado, no momento em que os suspeitos exigiram que as vítimas entregassem o dinheiro, Alan teria tentando pegar um canivete dentro de um armário. Nesse momento, Jhordan atirou em direção do rapaz. O pai do jovem tentou defender o filho e também foi atingido pelos disparos.

“Identificamos os suspeitos através de imagens das câmeras de segurança do estabelecimento. As investigações irão continuar, pois um sexto suspeito continua foragido”, disse o delegado.

Adriano Félix ainda explicou que o crime foi ordenado de dentro do presidio, por dois detentos, identificados como Aidilson Pirez de Lima, 25, vulgo ‘Troia’, e ‘Miqueias’, cujo nome não foi divulgado.

O primeiro, ‘Troia’, foi preso pela equipe da Derfd no dia 25 de janeiro deste ano, por envolvimento no assalto à distribuidora Ótimos, no bairro Alvorada, também na Zona Oeste, onde duas pessoas morreram e uma ficou ferida.

“Em depoimento, os suspeitos informaram que o crime foi ordenado pelo ‘Troia’, que falou para o grupo que no mercadinho havia um cofre com uma grande quantia em dinheiro. O Renildo foi o responsável por passar informações privilegiadas para os comparsas, pois ele era vizinho das vítimas”, concluiu o delegado.

Segundo a polícia, Jhordan também participou do assalto à distribuidora Ótimos. Na ocasião, ele também matou duas pessoas e feriu uma, sendo uma das vítimas fatais um policial militar.

O grupo foi autuado por latrocínio e associação criminosa. Após os procedimentos cabíveis serão levados para uma das unidades prisionais da capital, onde ficarão à disposição da justiça.

Por Mara Magalhães

Com informações de Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir