Dia a dia

Preso um dos homens que mataram taxista a facadas no Tancredo Neves; dois ainda estão foragidos

Edson foi indiciado por latrocínio. Após os procedimentos será levado para a Cadeia Pública - foto: Ana Sena

Edson foi indiciado por latrocínio. Após os procedimentos será levado para a Cadeia Pública – foto: Ana Sena

Edson Oliveira da Silva, 20, conhecido como ‘Abacate’, foi apresentado na manhã desta terça-feira (24), na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), suspeito de ser o autor da morte do taxista José Augusto Ferreira Pires, 45, no dia 15 desde mês, no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus.

O suspeito foi preso na última sexta-feira (20), rua Aratituba, também no bairro Tancredo Neves, em cumprimento a mandado expedido pelo juiz da 9ª Vara Criminal, Henrique Veiga Lima.

De acordo com o delegado titular da Derfd, Adriano Felix, no dia do crime, a vítima estava trabalhando quando três homens fizeram parada para o taxi e entraram no veículo se passando por passageiros, em seguida anunciaram o assalto. Durante ação, Edson desferiu golpes de faca na vítima.

“As investigações começaram logo após o delito. Deslocamos uma equipe da especializada para identificar os possíveis suspeitos do latrocínio (roubo seguido de morte). Realizamos várias buscas pela área e conseguimos identificá-los”, disse Adriano Felix.

O delegado ainda ressaltou que os comparsas de Edson Oliveira foram identificados como Abraão Moraes da Silva, 23, e Aline Silva da Silva, 21, e já tiveram os mandados de prisão expedidos.

Edson foi indiciado por latrocínio. Após os procedimentos será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por Mara Magalhães

Com informações de Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir