Dia a dia

Preso suspeito de integrar quadrilha que roubou Banco do Brasil na Compensa

O homem é suspeito de integrar a quadrilha que roubou aproximadamente R$ 80 mil, na ultima sexta-feira (22) - foto: divulgação

O homem é suspeito de integrar a quadrilha que roubou aproximadamente R$ 80 mil, na ultima sexta-feira (22) – foto: divulgação

O foragido da justiça Paulo David Lima Medeiros, 21, foi apresentado pela polícia, na manhã desta segunda-feira (25), suspeito de integrar a quadrilha que roubou aproximadamente R$ 80 mil, na ultima sexta-feira (22), da agência do Banco do Brasil, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus.

O homem foi preso por policiais da Ronda Ostensiva cândido Mariano (Rocam), na tarde deste sábado (23), na rua das Andorinhas, comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã, Zona Oeste. Com ele foi apreendido à quantia de R$ 13.630 em espécie.

De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Derfd), Adriano Félix, além de Paulo David, outros cinco homens que estão foragidos participaram do roubo. A ação durou cerca de 20 minutos, quatro homens entram na agência e dois ficaram no lado de fora.

“O Leandro foi um dos assaltantes que entrou no banco e rendeu os vigilantes, foi até o caixa e pegou o dinheiro. Eles roubaram aproximadamente R$ 80 mil. Dois deles estavam vestidos com a farda da Fogás, para não levantar suspeitas”, disse o Félix.

Ainda de acordo com o delegado, os assaltantes fugiram do local em um veiculo modelo Fiesta Sedans de cor preta e placa NOO–0187. O carro foi abandonado, próximo onde ocorreu o roubo. Após abandonarem o veículo, os autores roubaram um automóvel modelo Citroen prata, placa NOUI-5422, que foi abandonado no bairro Campo Sales, também na Zona Oeste.

Félix ressaltou que a equipe de investigação da Derfd está na rua à procura dos outros suspeitos.

“Temos informações de que um deles está escondido no ramal da Anaconda, localizado no bairro Tarumã, em poucos dias o restante do bando será preso”, destacou o delegado.

Durante a coletiva, o suspeito confirmou para a imprensa que praticou o roubo e que usaria o dinheiro para se divertir. Ele se iniciou no mundo do crime com nove anos de idade.

“Observamos a movimentação do banco, vimos que não tinha porta giratória e resolvemos assaltar. Eu ia usar o dinheiro para me divertir e curtir muito”, contou o suspeito.

O rapaz será autuado por roubo majorado e por organização criminosa e será encaminhado para a Cadeia Publica Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da cidade.

Por Mara Magalhães ( especial Em Tempo Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir