Dia a dia

Preso professor que estuprou duas crianças em Codajás

O professor ficará preso na carceragem da delegacia do município - foto: divulgação

O professor ficará preso na carceragem da delegacia do município – foto: divulgação

O professor Valdir Ribeiro da Rocha, 55, foi preso após estuprar duas crianças de 6 e 9 anos. Ele pagava a cada uma delas R$ 0,60 pelo ato. A prisão ocorreu na última quinta-feira (2), na residência do suspeito, localizada na rua Tiradentes, bairro Colônia Major Thury, no município de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus).

O suspeito foi preso, após os vizinhos dele acionarem o Conselho Tutelar Municipal, pois tinham visto que o professor estava na casa dele com duas crianças.

Conforme o titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município, Thiago Garcez, o homem chegou a tirar a parte debaixo das roupas das vítimas. O homem já foi condenado há 12 anos de prisão no ano de 2005 pelo crime de estupro de vulnerável.

“Eles moram no mesmo bairro. As crianças passavam na rua quando foram atraídas por ele, que ofereceu dinheiro a elas. Depois que o Conselho pediu ajuda, fomos até a casa e o encontramos nervoso. Os conselheiros encontraram as crianças no quintal da casa. Elas afirmaram que o suspeito mandou elas correrem quando chegamos na residência”, explicou.

O titular disse ainda, que Valdir negou o crime, mas o depoimento das vítimas afirma que ele chegou a apalpa-las nas partes íntimas. “Ele disse que não cometeu nenhum estupro. Como sabemos que ele já tinha sido condenado pelo mesmo crime, ele será mais uma vez autuado por estupro de vulnerável e aguardará decisão da Justiça na carceragem municipal”, completou.

O conselho municipal informou à polícia, que as vítimas vão receber atendimento psicológico. O professor ficará preso na carceragem da delegacia do município.

Por Thaís Gama

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir