Dia a dia

Preso no Zumbi suspeito de tentativa de latrocínio contra mototaxista

O suspeito foi autuado por tentativa de homicídio e falsificação de sinal identificador de veículo, além de uso de documentação falsa - foto: Polícia Civil

O suspeito foi autuado por tentativa de homicídio e falsificação de sinal identificador de veículo, além de uso de documentação falsa – foto: Polícia Civil

A Policia Civil apresentou na manhã desta quarta-feira (17), Alexandre Matos Rodrigues, 20, na Delegacia Geral, como o autor da tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) contra o mototaxista Júlio César Cruz de Freitas, 31, ocorrido no dia 7 de janeiro deste ano, na rua 6, bairro São José 2, Zona Leste de Manaus.

O suspeito foi preso por volta das 7h de terça-feira (16) na casa dele, situada na rua Presidente Figueiredo, bairro Zumbi, também na Zona Leste, em cumprimento a mandado de prisão expedido no dia 6 de fevereiro deste ano, pela juíza da Central de Plantão Criminal, Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro.

De acordo com o titular do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Cícero Túlio, no dia do crime, Alexandre teria solicitado da vítima uma corrida de moto até a rua 6 do bairro São José. Chegando ao destino, o suspeito disparou aproximadamente seis tiros de arma de fogo no mototaxista e, em seguida, fugiu levando a motocicleta da vítima.

Júlio César foi socorrido e levado para ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, onde permaneceu internado durante vinte dias e foi submetido a cirurgias para reconstituição dos ossos de um dos braços.

“Durante investigação sobre a atuação de uma quadrilha que praticava roubos de motocicletas e adulterava o chassi desses veículos, nossa equipe conseguiu localizar a da vítima. Estava na frente da casa de Alexandre”, disse o delegado.

Ele acrescentou que, “em depoimento, o suspeito negou ter roubado a moto e argumentou que a comprou em um site de vendas. Mas como ele já havia sido preso por receptação no ano passado, iniciamos uma investigação e descobrimos que ele foi autor da tentativa de latrocínio contra o Júlio Cesar”, declarou Cícero Túlio.

O suspeito foi autuado por tentativa de homicídio e falsificação de sinal identificador de veículo, além de uso de documentação falsa. Após os procedimentos legais, ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir