Dia a dia

Preso no Pará segundo suspeito de matar advogado amazonense

Rafael Queiroz dos Santos foi preso na cidade de Itaituba no Pará - foto: Reprodução

Rafael Queiroz dos Santos foi preso na cidade de Itaituba no Pará – foto: Reprodução

Rafael Queiroz dos Santos, 26, o segundo suspeito de assassinar o advogado Gilson Guimarães Lage, 87, foi preso na tarde desta segunda-feira (15), na cidade de Itaituba, no Pará. De acordo com a polícia, ele teria sido o mentor do crime e seria um ex-cliente da vítima.

O suspeito, que já responde por processo de tráfico de drogas, juntamente com o lavador de carros Jonathas dos Santos Fonseca, 27, preso no dia 14 de julho, matou o advogado no dia 8 de julho, quando eles tentavam roubar joias e dinheiro na casa da vítima.

Na ocasião, a Gilson Lage foi encontrado estrangulado e com as mãos e pés amarrados, e os indivíduos foram flagrados pelas câmeras de segurança de estabelecimentos próximos ao local do crime.

A ação conjunta entre a Polícia e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) possibilitou com que se avançasse nas investigações que levou à prisão do foragido que já responde processo. A OAB, por meio da Procuradoria de Prerrogativas, foi quem disponibilizou aviação e providenciou a transferência do acusado para Manaus.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir