Dia a dia

Preso na Zona Norte suspeito de espancar estudante usuária de drogas até à morte

A prisão do suspeito foi efetuada por policiais, em cumprimento de mandado de prisão preventiva – foto: Henderson Martins

A prisão do suspeito foi efetuada por policiais, em cumprimento de mandado de prisão preventiva – foto: Henderson Martins

O desempregado Alessandro Pereira da Silva, vulgo ‘ Pia’, 26, foi apresentado na manhã desta sexta- feira (29), pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), como um dos autores do homicídio da estudante Francisca Lorena da Silva Sobreira, 18, espancada até à morte.

Conforme a polícia, o crime aconteceu no dia 26 de maio do ano passado, na avenida Mulateiro, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus.

A prisão do suspeito foi efetuada por policiais, em cumprimento de mandado de prisão preventiva. Segundo a delegada adjunta da DEHS, Sansha Sodré, o que chama atenção para o crime é a forma com que foi realizado.

“Os criminosos abordaram a vítima em via pública e ela foi morta espancada com chutes e pontapés. Um dos chutes foi tão forte que a estudante teve o pescoço quebrado”, disse a delegada.

De acordo com o suspeito, a estudante tinha uma dívida de R$ 60 reais relacionados ao tráfico de drogas.

A delegada Sansha Sodré informou que os familiares da estudante confirmaram que a jovem era usuária de drogas desde os 16 anos.

Alessandro e outro homem identificado como Elias da Silva Mendonça, conhecido como ‘DDD’, que está sendo procurado pela polícia, agrediram Francisca Lorena até a morte.

O suspeito preso foi indiciado por homicídio qualificado e vai ser encaminhado à cadeia pública;

A polícia continua com as investigações para capturar o comparsa de Alessandro, conhecido como ‘DDD’.

Segundo o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, quem tiver informações sobre o foragido pode entrar em contato pelos telefones: 3636-2874 ou pelo 181.

Por equipe EM TEMPO Onliune

Com informações de Henderson Martins

1 Comment

1 Comment

  1. luana

    29 de maio de 2015 at 22:23

    Isso é um absurdo vcs falam tanta coisa é não sabem nem da metade da história ele é errado por esta onde não devia mas vcs não estavam lá pra saber e em cada jornal uma versão diferente me polpe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir