Sem categoria

Preso na Zona Leste suposto mandante da morte de ‘Chininha’, executado em julho

Eduardo foi autuado pelo crime de homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis, será encaminhado a Cadeia Pública - foto: Janailton Falcão

Eduardo foi autuado pelo crime de homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis, será encaminhado a Cadeia Pública – foto: Janailton Falcão

Eduardo Feitosa de Souza, conhecido como ‘Pato Rouco’, foi apresentado na manhã desta quinta-feira (22), na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Ele é apontado pela polícia como mandante do homicídio do adolescente Denílson da Silva Carvalho, 17, o ‘Chininha’, corrido no dia 3 de junho deste ano, em um campo de futebol no São José, Zona leste de Manaus.

O homem foi preso pela equipe de investigação da DEHS, na tarde de ontem (21), na rua Fortaleza, bairro Gilberto Mestrinho, também na Zona Leste da cidade.

De acordo com o titular da especializada, delegado Ivo Martins, o motivo da morte do adolescente foi briga por pontos de venda de droga, na área que era ‘comandada’ por ‘Pato Rouco’. Um homem identificado como Gleison Batalha Machado, vulgo ‘Sapo’, que era amigo da vítima, também foi alvejado, mas sobreviveu.

“O ‘Chininha’, que é era integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN), estava tentando invadir as bocas de fumo do Eduardo, que integrante da facção rival, ‘Primeiro Comando da Capital’ (PCC). Antes que isso acontecesse, ele mandou executar o rival” disse Martins.

Ainda segundo o delegado, para vingar a morte do comparsa, dois dias após o homicídio de ‘Chininha’, no dia 5 julho, ‘Sapo’ e outros 15 homens armadas foram até ao beco Boa Sorte e efetuaram vários disparos contra as pessoas que estavam no local. Na ocasião, duas pessoas morreram e sete ficaram feridas.

A polícia informou que o suspeito já responde a dois processos por homicídios na Justiça e que ele é braço direito do traficante ‘Passarinho de Ouro’, que se encontra preso, mas de acordo com a polícia continua comandando o tráfico de dentro da cadeia.

Eduardo foi autuado pelo crime de homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis, será encaminhado a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por Mara Magalhães

Com informações de Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir