Dia a dia

Preso homem que matou vigilante durante assalto, no Tarumã

Paulinho foi indiciado por latrocínio (roubo seguido de morte). Após os procedimentos cabíveis ele será encaminhado à Cadeia Pública - foto: divulgação/PC

Paulinho foi indiciado por latrocínio (roubo seguido de morte). Após os procedimentos cabíveis ele será encaminhado à Cadeia Pública – foto: divulgação/PC

Paulinho Rodrigues de Souza, 26, foi apresentado na manhã desta quarta-feira (3), na sede da Delegacia Geral, como autor do latrocínio que vitimou o vigilante Antônio de Oliveira Pinto Junior, 40, no dia 3 de maio, em uma guarita no terreno da Infraero, localizado na avenida Santos Dummont, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

O suspeito foi preso na manhã de hoje, por volta das 6h, em uma residência localizada no ramal do Acará, bairro Santa Etelvina, Zona Norte, pelas equipes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e Delegacia Especializada em Furtos e Defraudações (Derfd), em cumprimento a mandado de prisão.

Conforme o delegado, titular da Derfd, Adriano Félix, no dia do crime, Paulinho abordou a vítima, roubou um celular, um relógio, uma arma calibre 38 e o carro dele. Após o roubo, o suspeito disparou três vezes contra Antônio, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
O veículo da vítima foi encontrado incendiado na rua Canoa Quebrada, na comunidade Parque Rio Solimões, também no bairro Tarumã.

Ainda conforme o delegado, os dois comparsas de Paulinho, que também participaram do crime, identificados como Erico Rodrigues da Silva e Rafael Queiroz dos santos, estão foragidos.

Paulinho foi indiciado por latrocínio (roubo seguido de morte). Após os procedimentos cabíveis ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir