Dia a dia

Preso homem que causou a morte de mulher grávida em acidente trânsito, em Manaus

Hélio Castro foi preso por causar a morte da Katilane Moraes em acidente de trânsito no dia 28 de julho – foto: Arthur Castro

Hélio Veras Castro foi preso por causar a morte da Katilane Moraes em acidente de trânsito no dia 28 de julho – foto: Arthur Castro

O agente de portaria Hélio Veras Castro, 21, foi preso preventivamente na manhã desta quarta-feira (17), em sua residência localizada no Bairro da Redenção, Zona Centro-Oeste de Manaus. Ele foi preso como responsável pelo acidente de trânsito, no dia 28 de julho, que causou a morte da técnica de enfermagem Katilane Morais Vieira,22, grávida de 3 meses.

Na ocasião, a vítima estava em uma motocicleta a caminho do trabalho, na rua Maceió, no Bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul da capital, quando Hélio e mais o amigo Alex da Silva Cruz, que estavam também em uma motocicleta, vieram na contramão, e acabaram colidindo com ela.

Eles sofreram apenas ferimentos leves, foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), e liberados no mesmo dia. Enquanto Katilane teve traumatismo craniano e fratura no fêmur, passou por cirurgia e chegou a ficar internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Porém, no dia 3 de agosto, pela manhã, teve parada cardíaca e veio a falecer. Ela estava grávida de 21 semanas.

De acordo com a delegada titular do 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Allyne Lima, na data do acidente, Hélio e o amigo, conduzia o veículo, sob efeito de álcool e substâncias entorpecentes. Os dois vinham de uma festa e ele entrou na contramão com intuito de chegar mais rápido na residência de Alex.

Hélio Castro já prestou depoimento, foi indiciado pelo crime de homicídio doloso e será encaminhado a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa.

Por equipe EM TEMPO Online

Com informações de Thaís Gama

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir