Sem categoria

Preso em Parintins homem que participou da morte de vigilante do depósito da Pemaza em Manaus

Depois do crime, Adriano fugiu para Parintins, onde recebeu cobertura de pessoas ligadas ao tráfico de drogas - foto: divulgação

Depois do crime, Adriano fugiu para Parintins, onde recebeu cobertura de pessoas ligadas ao tráfico de drogas – foto: Tadeu de Souza.

Parintins (AM) – Adriano Muniz da Costa, 28, morador do bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus, foi preso na madrugada deste domingo, em Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus), durante operação comanda pelo delegado adjunto Reinaldo Figueira.

Ele é suspeito de matar, no dia 5 de janeiro deste ano, com a ajuda de mais dois comparsas, o vigilante Elias Amorim, durante tentativa de assalto ao depósito da empresa Pemaza, na avenida Palmeira do Miriti, bairro Gilberto Mestrinho, Distrito Industrial 2, Zona Leste de Manaus. A vítima foi acertada com um tiro no peito. O revólver do vigilante e o colete balístico foram levados pelos criminosos.

Depois do crime, Adriano fugiu para Parintins, onde recebeu cobertura de pessoas ligadas ao tráfico de drogas no município.

Uma escuta telefônica levou a polícia, na madrugada de domingo, ao porto da cidade, onde Adriano aguardava a família que estava vindo de Manaus.

O que surpreendeu a polícia foi o número de olheiros que estavam no porto dando cobertura a Adriano. Seis pessoas foram presas liberadas depois de prestarem depoimento.

O delegado Reinaldo Figueira disse que Adriano será transferido para capital do Estado. “Esperamos que até quarta-feira chegue a Parintins uma equipe da Polícia Civil para fazer a transferência”.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir