Política

Presidente do Tjam participa de debates no 106º Encontro dos Tribunais de Justiça, em MT

O encontro visa debater questões relativas à prestação dos serviços jurisdicionais e conta com a participação dos presidentes dos tribunais de todos os Estados – foto: divulgação

O encontro visa debater questões relativas à prestação dos serviços jurisdicionais e conta com a participação dos presidentes dos tribunais de todos os Estados – foto: divulgação

A presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), desembargadora Graça Figueiredo, participa do 106º Encontro do Conselho dos Tribunais de Justiça, aberto na noite desta quinta-feira (3), em Campo Grande (MT). Também participam do encontro a juíza-auxiliar da presidência, Lia Guedes, e o diretor de Comunicação do tribunal, jornalista Mário Adolfo.

O encontro, que tem por objetivo debater as questões relativas à prestação dos serviços jurisdicionais, conta com a participação dos presidentes dos tribunais de todos os Estados. Na solenidade de abertura, os convidados foram brindados com a apresentação do coral do tribunal de Justiça de Mato Grosso, formado pelos servidores da casa, que apresentaram um pout-pourri de músicas pantaneiras.

Segundo Graça Figueiredo, na programação do evento está prevista a discussão de assuntos internos como eleições diretas para a administração dos tribunais; reflexos da crise econômica nos orçamentos dos tribunais estaduais; a extinção de função ou cargos públicos quando vagos; entre outros.

Também estão na pauta a criação de grupo de trabalho de juízes para responder às consultas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a permuta entre magistrados estaduais vinculados a tribunais de justiça de diferentes estados da federação.

Durante a abertura do evento, o presidente do Tribunal de Mato Grosso do Sul (TJMS), desembargador João Maria Lós, destacou o combate à morosidade no judiciário de seu Estado, com foco na pacificação social “que somente será alcançada com o exercício da atividade jurisdicional de forma consciente e com humanidade”.

Nesta quinta-feira (4), os debates e palestra tiveram início às 9h, abordando a inovação do escritório digital, as novidades da Justiça Eleitoral. À tarde, o carro chefe fica por cota da palestra ‘Competência Delegada da Justiça federal’, que será proferida pela ministra Nancy Andrighi, Corregedora nacional de Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir