País

Presidente do Sinditaxi diz temer invasão do ‘Uber’ e que pobre não usa táxi

O presidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos de SP (Sinditaxi), Natalício Bezerra, disse na tarde desta terça-feira (14) que os moradores da periferia da cidade não usam táxis. A declaração foi feita após ele ser questionado sobre a falta de taxistas nos bairros mais afastados da capital paulista durante entrevista ao ‘TV Folha’.

“Pobre que mora nesses lugares [Grajaú, São Miguel Paulista] não quer carro na porta. Pobre tem que se conformar que ele é pobre. Ele não pode nem tomar um táxi, só toma quando a mulher vai dar à luz ou ele quebrou a perna. Aí ele chama por telefone ou pede para um vizinho dar uma ajuda”, afirmou Bezerra.

O presidente do Sinditaxi disse ainda que o aplicativo ‘Uber’ não é uma boa opção para suprir a necessidade de locomoção nessas regiões, mesmo a modalidade com tarifas mais baratas. “Nós podemos até chegar lá, mas por enquanto não está dando. Temos que brecar senão eles [motoristas do Uber] invadem a cidade de São Paulo”, disse.

Durante o debate, Bezerra questionou a legalidade ‘Uber’, que não é regulamentado e teve seu uso barrado em primeira votação na Câmara Municipal. O aplicativo pode ser vetado na cidade ainda neste semestre. “Isso não é empresa. Empresa tem CNPJ, endereço fixo, sabe quem é o dono e seus empregados têm autorização para trabalhar”, afirmou o sindicalista.

Questionado se há espaço para motoristas de Uber na cidade, Bezerra afirmou que hoje há muitos táxis para poucos passageiros.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir