Esportes

Presidente diz que clube tem jogadores desinteressados

 

Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira (23), o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, disse que há integrantes da equipe que não têm a postura e o comprometimento necessários.

O dirigente afirmou que a diretoria tem que exigir do time “uma atitude e postura de comprometimento que não vemos em todos os seus integrantes”.

Leco não quis dizer quais eram os nomes, mas prometeu reformulação na equipe do ano que vem.

“Tenham a certeza que todo o meu compromisso de campanha, reafirmo aqui, é de reestruturação, planejamento e trato transparente das questões do São Paulo”, completou.

Ele também lembrou que o ano do São Paulo foi terrível, mas que, apesar disso, a equipe ainda briga pelo G4 no Campeonato Brasileiro.

O presidente disse ainda que a declaração do vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, de que o São Paulo contrataria um novo técnico ainda nesta semana, dada ao final da partida de domingo, contra o Corinthians, está correta, mas que o momento exige calma.

“Não adianta encarar o fenômeno de ontem que doeu em todos nós como o momento de tomada de posições heroicas extremas, como mandar embora um ou outro. O São Paulo tem que ter serenidade e muita seriedade no trato dessas questões”, disse.

“Não será desestruturando o futebol do São Paulo que conseguiremos alcançar esse resultado que é nos qualificar para a disputa da Libertadores”, completou.

Leco não cravou quem será o novo treinador, mas falou sobre o perfil procurado.

“Será um treinador moderno, com visão moderna do futebol. Um treinador com uma capacidade de comando do grupo exigida. Nós temos experiências passadas exitosas.”

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir