Sem categoria

Presa quadrilha suspeita de tentativa de latrocínio contra promotor

O quarteto será encaminha à cadeia pública – foto: Ana Sena

O quarteto será encaminha à cadeia pública – foto: Ana Sena

O ex-presidiário Wesley Bezerra Silva,23, e seus comparsas, Arlison Teixeira Souza,30, Ivon de Souza Santana,27, e Andrey Passos Marinho,19, foram presos na tarde da última terça-feira (23), na rua Dom Bosco, bairro Cidade de Deus, Zona Norte.

A quadrilha é suspeita de ser a responsável pela tentativa de latrocínio do promotor Paulo Stelio, ocorrida no dia 15 de maio deste ano. De acordo com a polícia, os suspeitos estavam observando uma pessoa que pretendia sacar uma quantia de R$ 50 mil na agência bancária, mas acabaram confundindo a possível vítima com o promotor e atiraram.

A Policia Civil informou que a possível vítima estava em um veículo Hillux, de cor branca, placa não identificada, idêntica ao veículo no qual o promotor estava. Ao avistarem a mulher sair, os suspeitos a seguiram, mas logo à frente confundiram o carro dela com o do promotor e o abordaram. Ainda segundo a polícia, os criminosos acreditavam que Paulo estava com a quantia em dinheiro, e quando o promotor reagiu, Wesley atirou nele.

O titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Felix, afirmou que o líder do bando era Wesley, que após o crime fugiu para o município de Maués. “O Wesley já tem passagem por latrocínio e o Ivon respondia em liberdade por porte ilegal de arma”, ressaltou.

Os quatro foram autuados pelo crime de tentativa de latrocínio e após prestarem depoimento, eles foram levados À cadeia pública, no Centro.

Por Ana Sena (equipe Jornal AGORA)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir