Sem categoria

Presa quadrilha que roubou R$ 375 mil de agência do Banco do Brasil em Iranduba

Os envolvidos no crime foram apresentados na manhã de desta quinta-feira

Os envolvidos no crime foram apresentados na manhã de desta quinta-feira

O ex-presidiário Pedro Gomes da Silva Filho, o ‘Pedro das águas’, 54, e seus comparsas, Rosivaldo Ferreira Barros, o ‘Magrelo’, 36, Iran Santana da Silva, 40, Lerivelton Maia Silva, 47, foram presos na noite da última segunda feira (20) acusados de roubarem cerca de R$ 375 mil de uma agencia do Banco do Brasil no município de Iranduba (a 27 quilômetros da capital) dia 29 de maio deste ano.

Os envolvidos no crime foram apresentados na manhã de desta quinta-feira (23) em coletiva de imprensa. Pedro e Lerivelton foram presos no estado do Ceará para onde fugiram após o assalto, já Rosivaldo e Iran foram presos no bairro Novo Israel, Zona Norte.

De acordo com a polícia, Pedro é considerado um dos maiores assaltantes da região Nordeste, sendo procurado na Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e na Paraíba por assaltos a bancos. A policial informou ainda que foram Rosivaldo e Iran que pediram aos comparsas para virem a Manaus e planejaram o assalto ao banco durante dois meses.

A polícia civil afirmou que os acusados conheciam a rotina do gerente da agência que foi mantido refém junto com seus familiares pelos assaltantes. Os criminosos chegaram a seguir a vítima por uma semana.

O titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Felix, relatou que após o crime, Pedro distribuiu o dinheiro do roubo entre os comparsas, e comprou um veículo modelo Saveiro vermelho, no valor de R$ 58 mil, e fugiu para o Ceará. “Após o crime, o Lerivelton também fugiu para o Nordeste e os outros dois ficaram aqui mesmo na capital, escondidos dentro da residência deles”, comentou.

Os suspeitos foram autuados em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de roubo, e após prestarem depoimento na delegacia, eles foram levados à cadeia pública, no Centro.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir