Dia a dia

Presa estelionatária que trabalhava em RH e aplicava golpes em fundação, no Distrito Industrial

Estelionato-e-Falsidade-ideologica

Rafaela estava sendo investigada por fraudes em uma fundação situada no Distrito Industrial, zona Sul, onde ela trabalhava no setor de Recursos Humanos – foto: divulgação

A funcionária de Recursos Humanos, Rafaela Patrício Paes, 27, foi presa por estelionato e falsidade ideológica, nesta sexta-feira (1°). Ela foi detida por meio de um mandado de prisão temporária expedido no dia 29 de junho, pela juíza titular da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute) da capital, Rosália Guimarães Sarmento.


De acordo com o titular do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Eduardo Paixão, a prisão ocorreu na rua Aristides Rocha, no bairro Petrópolis, zona Sul. “Rafaela estava sendo investigada por fraudes em uma fundação situada no Distrito Industrial, zona Sul, onde ela trabalhava no setor de Recursos Humanos (RH). Ela havia retido os cartões alimentação de 36 funcionários demitidos e, após o desligamento dos trabalhadores, continuava creditando o benefício mensalmente, para proveito próprio, ocasionando um prejuízo bastante significativo à empresa”, declarou Eduardo Paixão.

O titular do 25º DIP afirmou que Rafaela foi indiciada por estelionato e falsidade ideológica. Ela irá permanecer à disposição da equipe da unidade policial, no prédio da delegacia, até o término do prazo do mandado de prisão temporária em nome dela.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir