Eleições 2016

Prefeituráveis de Manaus realizam caminhadas e panfletagens pela cidade

Na tarde desta quinta-feira (13), a comunidade do  bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte, recebeu a caminhada do 40 de Serafim Corrêa e Cristiane Balieiro (PSB) - foto: Marcelo Araújo/ divulgação

Na tarde desta quinta-feira (13), a comunidade do bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte, recebeu a caminhada do 40 de Serafim Corrêa e Cristiane Balieiro (PSB) – foto: Marcelo Araújo/ divulgação

A menos de 20 dias para as eleições municipais, os prefeituráveis de Manaus continuam realizando caminhadas e panfletagens para apresentar suas propostas à população.  Na tarde desta quinta-feira (13), a comunidade do  bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte, recebeu a caminhada do 40 de Serafim Corrêa e Cristiane Balieiro (PSB).

Em diálogo com Serafim e Cristine, os moradores pediram mais oportunidade de emprego e os feirantes um local digno para se trabalhar. A comerciante Rosimara reclamou das condições precárias de trabalho e pediu um lugar digno para trabalhar.  “Estou há 14 anos  nesta feira. Estamos precisando de um lugar digno, correto. Estamos aqui improvisadamente. Até o Ministério Público está ameaçando nos tirar daqui”.

Já a  vendedora Rocicleia disse que está faltando oportunidade para os jovens. “ Estamos precisando de oportunidades de emprego, principalmente para os nossos jovens que estão começando a vida”.

Das janelas das residências, algumas pessoas acenavam e gritavam: ‘Volta Sarafa’, como gesto de carinho e apoio à época em que Serafim atuou na prefeitura de Manaus (2005-2008).

‘Sarafa’ agradeceu a receptividade e acolhimento dos moradores e disse que vai trabalhar para os manauaras terem uma qualidade de vida melhor. Oportunidade de emprego e qualificação profissional são prioridades no plano de governo de Serafim.

“A receptividade foi muito boa. Nós só temos a agradecer e isso nos estimula muito.  Vamos trabalhar para trazer melhorias e dar uma  boa qualidade de vida aos manauaras. Todos os 62 candidatos a vereadores também estão muito empenhados nesta campanha. Nós vamos colocar o pé no segundo turno, que está mais próximo do que se imagina”.

Segundo a professora Balieiro, a agenda 40 cumpriu mais uma caminhada positiva. “Eu achei a caminhada muito importante. Com muita energia positiva e uma manifestação de carinho muito grande. Muita vibração e alegria. O povo veio falar com a gente e querendo o Sarafa de novo”.

A caminhada foi organizada pelo candidato a vereador do PSB Moacir Vulcão, morador do bairro Alfredo Nascimento.

Pra Manaus Vencer

Já o candidato à vice na coligação ‘Pra Manaus Vencer’, Alessandro Bronze (PRTB), comandou hoje, a panfletagem realizada na Bola do Eldorado, Parque Dez, Zona Centro-Oeste.

Bronze esteve em dois pontos da cidade comandando as atividades de rua. A primeira ocorreu na Bola do Eldorado. No local, Bronze entregou aos motoristas e pedestres panfletos com as propostas de governo da chapa. Ainda pela manhã o candidato também esteve no cruzamento da Avenida Mário Ypiranga com Rua Salvador, no Adrianópolis, Zona Centro-Sul.

“O contato com à população é importante em todo o processo e nesse momento ainda mais, pois nossas propostas estão formatadas e consolidadas. Estamos caminhando para que possamos ser eleitos e tão logo, no próximo ano, já possamos colocar tudo o que apresentamos à população em prática”, destacou Bronze.

Alessandro Bronze também participou nesta terça-feira de uma entrevista ao vivo a um portal de notícias da cidade e destacou propostas para melhorar a mobilidade urbana, o transporte coletivo, a infraestrutura das vias, saneamento básico, transparência e gestão de dinheiro público.

Por Uma Só Manaus

O candidato à reeleição pela coligação ‘Por Uma Só Manaus’, Arthur Neto, almoçou nesta terça-feira, com empresários da Federação do Comércio (Fecomércio), quando apresentou vários pontos de sua proposta paga governar Manaus nos próximos quatro anos, caso reeleito. Arthur explicou alguns pontos sobre o projeto Cidade Inteligente, que começou a ser implantado em Manaus há três anos.

O candidato disse que o país vive a sua segunda pior crise – a primeira, em 1901 – com a diferença que na primeira vivíamos em um país agrário. “Desta vez a crise se abate sobre um estado industrial e as previsões mais otimistas apontam para uma recuperação da economia apenas em 2026. “Roubaram os sonhos de uma geração inteira”, afirmou.

Arthur apontou para o modelo Zona Franca de Manaus que, segundo ele, é um exemplo do quanto essa crise é cruel, trazendo sofrimento a empresários, trabalhadores e desempregados e seus familiares.

“Nesses quase cinquenta anos ninguém foi capaz de pensar e implementar uma política de alternativa econômica capaz de tirar Manaus da dependência exclusiva da Zona Franca e o resultado é o que estamos vendo”, disse. Arthur lembrou que o Centro de Biotecnologia da Amazônia poderia ter sido essa alternativa, mas não foi usado. “Podíamos hoje estar exportando fármacos e cosméticos e passando ao largo da crise”, disse.

Com informações das assessorias

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir