Dia a dia

Prefeitura registra menor volume na coleta de resíduos

De janeiro a setembro deste ano, 711,6 mil toneladas de resíduos sólidos foram recolhidas pela Prefeitura de Manaus. O volume é 0,5% menor do que o coletado no mesmo período de 2014, quando foram retiradas 715,6 mil toneladas de lixo. Por dia, este ano, cada manauara produziu em média 1,26 quilos de resíduos.

Para o secretário municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias, o pequeno recuo no volume de lixo coletado pode ser explicado pela crise econômica que afeta o País, principalmente, este ano. “Com a queda no consumo, causada pela retração econômica, a população passou a comprar menos e, consequentemente, a produzir menos lixo. Essa redução na geração de resíduos deve ser ainda maior até o final de novembro”, comentou.

Por outro lado, se a prefeitura registrou menor volume na coleta de lixo domiciliar, a retirada de resíduos ‘pesados’ da população aumentou. A Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), responsável pelos serviços, intensificou os mutirões de limpeza pelos bairros da cidade, o que resultou em um aumento de 24,9% no lixo recolhido. Foram 131.721 mil toneladas de resíduos de janeiro a setembro deste ano, contra 108,4 mil toneladas no mesmo período de 2014.

“Os mutirões de limpeza são considerados essenciais e percorrem os bairros da cidade recolhendo resíduos pesados, aqueles que não são levados pelos coletores de lixo normais. Esse serviço ajuda a população a destinar corretamente os resíduos que, comumente, retiramos de dentro dos igarapés da cidade”, observou o secretário.

O serviço conta com cerca de 300 servidores divididos em equipes que cobrem todas as áreas urbanas da cidade. Dos grandes bairros a comunidades pequenas, os mutirões já percorreram mais de 200 localidades este ano. As taxas médias de coleta de mutirões em relação à extensão e as áreas executadas, neste período, correspondem a 70 toneladas por quilômetro e 15.420 toneladas por hectare, segundo o registro de geoprocessamento da Semulsp.

Os bairros Jorge Teixeira (6.785,54 toneladas), Colônia Antônio Aleixo (5.718,71 toneladas), Santa Etelvina (4.456,27 toneladas), Alvorada (4.109,45 toneladas) e Compensa (3.727,00 toneladas) registraram os maiores volumes de resíduos retirados este ano pelos mutirões de limpeza.

Com  informação da assessoria  de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir