Dia a dia

Prefeitura recupera 32 ruas no Jorge Teixeira

Os moradores de 32 ruas no bairro Jorge Teixeira, 4ª etapa, na zona Leste,começam já estão usufruindo dos benefícios do mutirão de obras da Prefeitura de Manaus. Essas vias, antes intrafegáveis e tomadas por buracos e lixo,foram recuperadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) dentro do primeiro mutirão das obras de verão.

A meta, segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Alexandre Morais, é atender 70 vias, em até duas semanas, levando serviços de tapa-buracos, recapeamento, instalação de tampa de bueiros e drenagem superficial com confecção de canaletas, sarjetas e meio-fio. Agora, os moradores podem acessar a via de carro. Ambulâncias e viaturas polícias também trafegam pelo local. Os pedestres andam pela rua sem se sujar de barro ou lama. Os trabalhos no bairro Jorge Teixeira seguem até o fim desta semana.

Desde a última segunda-feira, dia 29, uma verdadeira força-tarefa foi empregada pela Seminf para levar melhorias as ruas do bairro. Nesta primeira semana, os trabalhos se concentraram nas ruas Zero, 4 e 5, da comunidade Cidade Alta, e nas ruas Imbiri, Janambu, Japecanga e Sena, no Jorge Teixeira. Os serviços já chegaram também nas vias principais, como as ruas São Paulo, Alfazema, Nova Esperança, Paraná Caxi, Belford Roxo e Tapajós.

A Rua Sena, uma das mais críticas do bairro, está sendo totalmente recuperada e uma nova camada asfáltica será aplicada na via que estava intrafegável e parte da pista havia cedido.

“Estamos fazendo toda a recuperação da rua e vamos entregá-la pavimentada e com toda infraestrutura aos moradores. Vamos devolver o acesso de veículos e, também, de pessoas”, ressaltou Morais.

A atuação das equipes da Prefeitura no bairro chegou como um alívio aos moradores do bairro. Para a dona de casa Zenilda de Souza, que mora no Jorge Teixeira há cinco anos, os trabalhos vão devolver a qualidade de vida para a comunidade.

“Vamos poder entrar e sair de casa com muito mais facilidade, além de termos uma rua mais limpa e digna de circular. A rua era só mato e, além do lixo, enfrentávamos o perigo de assaltos. Com certeza com esse trabalho da prefeitura tudo isso vai acabar”, disse.

Para a moradora da Rua 5, Yeda Aires, a situação no bairro era difícil, pois a via estava sem condições de acesso. Até mesmo para andar a pé era arriscado. “Tinha muita lama e quando chovia até mesmo a pé era difícil sair de casa. Os serviços ainda nem foram concluídos, mas já conseguimos ver o resultado. Quando saio de casa e vejo minha rua asfaltada dá orgulho”, comentou.

 

Com Informações da Assesoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir