Dia a dia

Prefeitura recebe doação de dez motocicletas para fiscalização de trânsito

As novas viaturas, modelo XRE 300 serão incorporadas à frota do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) para operações especiais de fiscalização - foto: divulgação

As novas viaturas, modelo XRE 300 serão incorporadas à frota do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) para operações especiais de fiscalização – foto: divulgação

Dez motocicletas foram doadas pela Moto Honda da Amazônia à Prefeitura de Manaus, na noite desta sexta-feira (29), na sede da fábrica, no Polo Industrial, zona Sul da cidade. O próprio prefeito, Arthur Virgílio Neto, foi quem recebeu os veículos.

As novas viaturas, modelo XRE 300 serão incorporadas à frota do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) para operações especiais de fiscalização. A primeira missão será a escolta de autoridades e de atletas que participarão das Olimpíadas 2016, em Manaus.

Para o prefeito, a parceria da Moto Honda com a prefeitura tem gerado resultados positivos para a cidade. “A Honda é sensível e parceira. Manaus tem gratidão a essa empresa. Ela está sempre disposta a nos ajudar. Essas novas motocicletas serão usadas para as escoltas de autoridades nos jogos Olímpicos e para ajudar na fiscalização diária no trânsito”, destacou.

Segundo o vice-presidente da Moto Honda da Amazônia, Júlio Koga, o Manaustrans vai poder desempenhar um papel importante nas suas ações. “Essa cooperação entre nós vai melhorar muito as atividades dos agentes e a sociedade vai ver os resultados nas ruas”, disse.

Durante a entrega das viaturas, foi formalizada a parceria entre o Manaustrans e a Moto Honda para que a fabricante de motocicletas faça a manutenção de 60 motos já utilizadas pelos agentes de trânsito nas fiscalizações de rotina.

“Essas motocicletas serão usadas por pessoas treinadas e qualificadas. A partir de agora, teremos o reforço de mais viaturas para as fiscalizações no dia a dia”, conclui o diretor presidente do Manaustrans, Eudes Albuquerque.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir