Economia

Prefeitura prevê entregar Galeria dos Remédios na 2ª quinzena de outubro

Segundo a Semcom, obras contam 210 trabalhadores se revezando nos trabalhos, a cada dia, mas a implantação dos 364 boxes já está concluída - foto: divulgação/Implurb

Segundo a Semcom, obras contam 210 trabalhadores se revezando nos trabalhos, a cada dia, mas a implantação dos 364 boxes já está concluída – foto: divulgação/Implurb

Prevista inicialmente para o final deste mês, a primeira etapa da Galeria dos Remédios, localizada no Centro da capital, deve ser entregue na segunda quinzena de outubro, conforme a Prefeitura de Manaus.

Segundo a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), as obras de conclusão da primeira etapa do segundo shopping popular criado na atual gestão municipal estão “em ritmo acelerado”, com 210 trabalhadores se revezando a cada dia, mas a implantação dos 364 boxes já está concluída.

Os serviços, conforme o órgão, estão direcionados para o restauro e recuperação da fachada, instalação do elevador provisório (que será substituído por um definitivo, em dezembro), conclusão das escadas confeccionadas em material metálico, instalações de combate a incêndio e implantação da nova rede hidráulica e elétrica e, finalmente, a instalação do porcelanato.

A Galeria dos Remédios tem quatro andares e um mezanino distribuídos em 6.000 metros quadrados de área que abriga 364 boxes para os microempreendedores, 14 guichês para a venda de passagens fluviais e sete lanchonetes, com praça de alimentação.

Também estão incluídos no projeto, boxes para serviços de manicure, salão de beleza, farmácia, posto do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) e 12 banheiros projetados com acessibilidade total para portadores de necessidades especiais.

Enquanto as obras da primeira etapa são realizadas, a segunda etapa, que ainda passará por reformas, é ocupada por 161 trabalhadores que foram realocados da praça da Matriz, da avenida Eduardo Ribeiro e da avenida Sete de Setembro.

Segunda etapa

De acordo com o cronograma estabelecido para o espaço, assim que for entregue a primeira fase começam os serviços na segunda etapa.

O projeto da Galeria dos Remédios é de autoria da equipe do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), que também assina os projetos e plantas das outras duas galerias populares definitivas. O investimento é de R$ 7,94 milhões.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir