Dia a dia

Prefeitura anuncia lista oficial com os aprovados no Bolsa Pós-Graduação

O prefeito destacou a necessidade de o estudante buscar sua capacitação em um mundo cada vez mais competitivo - foto: divulgação

O prefeito destacou a necessidade de o estudante buscar sua capacitação em um mundo cada vez mais competitivo – foto: divulgação

A Prefeitura de Manaus anunciou nesta sexta-feira (10) , os nomes dos 3.901 estudantes de baixa renda considerados habilitados a participar do Programa Bolsa Pós-Graduação (PBPG) 2016. A lista dos aprovados foi gerada em solenidade realizada na sede da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), em evento que contou com a presença do prefeito Arthur Virgílio Neto, de secretários e autoridades.

O prefeito destacou a necessidade de o estudante buscar sua capacitação em um mundo cada vez mais competitivo. “O mundo de hoje é muito competitivo, então, a gente percebe que já não basta o terceiro grau, é preciso ir além, é preciso investir na pós-graduação, investir no mestrado e, se possível, no doutorado e pós-doutorado”, avaliou.

Arthur destacou ainda o processo de aperfeiçoamento pelo qual o Bolsa Universidade passou em sua gestão, assim como a criação de outras modalidades de bolsa a estudantes de baixa renda, como o Bolsa Idiomas. “O fato é que já é uma realidade esse trinômio, Bolsa Universidade, Idiomas e Pós-graduação, e nós temos uma mão de obra mais qualificada, uma cidade turística que fala outro idioma e temos uma Manaus que não tem dificuldade de acesso ao terceiro grau”, afirmou o prefeito.

A próxima etapa do programa, de acordo com cronograma estabelecido pela Espi, é a fase de recursos, que acontece nos dias 13 e 14 de junho. Nesta fase, os candidatos não aprovados poderão questionar sobre os motivos pelos quais não foram aceitos pelo programa.

Finalizada esta etapa, a Prefeitura passará a receber, nos dias 16 e 17, os documentos dos estudantes aprovados na primeira chamada do processo. A entrega da documentação prevista em edital deverá ser feita na sede da Escola, à avenida Professor Nilton Lins, 3259, Bloco D, Parque das Laranjeiras.

Foram quase 6,5 mil estudantes inscritos no segundo edital do PBPG, que ofereceu 4.576 bolsas de estudo dividas nas cinco Instituições de Ensino Superior (IES) que aderiram ao programa. As inscrições do Bolsa Pós-Graduação começaram no dia 24 de maio, encerrando o processo no último dia 5 de junho.

Lista

A lista completa com os nomes dos estudantes habilitados ao Bolsa Pós-Graduação foi gerada em tempo real, pouco depois da solenidade. Diante dos presentes, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, acessou o sistema e deu início ao cruzamento automático dos dados dos estudantes inscritos.

No total foram habilitados 3.901 candidatos que estavam dentro dos critérios do programa: nível superior completo, sem pós-graduação e renda familiar per capita de até R$ 2.200, o equivalente a dois salários mínimos e meio. A lista dos selecionados está disponível no Portal do Candidato (sgbp.manaus.am.gov.br/inscrição).

Cursos

O curso com o maior número de inscrições nesta segunda edição do PBPG foi o de Docência Universitária, da Fametro, com 916 candidatos. O segundo colocado foi Administração Hospitalar e Serviços de Saúde, da Nilton Lins, com 360 estudantes interessados. Em seguida vem MBA em Gestão de Projetos, da Fucapi, com 353 inscrições; Gestão de Pessoas e Liderança, com 302; e Coordenação Pedagógica, do Dom Bosco – Unidade Leste, com 254 inscritos.

A diretora-geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, destacou que o PBPG é mais um dos programas de inclusão socioeducacional que a prefeitura vem implementando à população, em especial a de baixa renda. E destacou o crescimento em relação ao ano passado.

“Nós tivemos um incremento de 275% nas vagas, passamos de 50 cursos para 75, o que evidencia a credibilidade do programa junto às instituições. Este é o segundo processo, e a forma como a gente vem desenvolvendo mostra que a cidade já aderiu ao programa, as instituições de ensino superior também, tanto que disponibilizaram um número significativo de vagas”, avaliou.

Documentação

Luiza Bessa lembrou que a entrega dos documentos começará já na próxima semana, nos dias 16 e 17. “A seleção é feita com base principalmente na renda dos candidatos. Eles terão dois dias para trazer a documentação na sede da Escola, comprovando as informações. Caso não consigam comprovar, teremos uma segunda chamada, um período de remanejamento, para que possamos, de fato, fazer com que as bolsas sejam concedidas para quem efetivamente precisa”, assegurou a diretora-geral da Espi.

O Programa Bolsa Pós-Graduação foi instituído pela Lei n.º 1.933 de 19 de novembro de 2014 e pela Lei n.º 1.934 de 19 de novembro de 2014, também conhecida como Lei de Isenção de Tributos Municipais.

Participaram do PBPG 2016 as IES Universidade Nilton Lins, Faculdade Salesiana Dom Bosco (unidades Centro e Zona Leste), Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro) e Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam).

Com informações da assessoria

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir