Dia a dia

Prefeitura amplia oferta de exames para pacientes diabéticos

 

A meta é oferecer o exame em mais 20 Unidades de Saúde em Manaus – fotos: Divulgação

A Prefeitura de Manaus iniciou a capacitação de enfermeiros e técnicos de enfermagem da rede municipal de Saúde para ampliar a oferta do exame Doppler Vascular no cuidado aos pacientes diabéticos. A meta é oferecer o exame em mais 20 Unidades de Saúde, além das cinco onde o serviço já está disponível, totalizando 25 locais.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, informou que o exame Doppler Vascular utiliza as ondas sonoras para medir e avaliar o fluxo nos vasos sanguíneos, verificando os comprometimentos existentes. “O exame é recomendado para pacientes diabéticos com o objetivo de reduzir o risco vascular do pé-diabético, que é uma das complicações mais freqüentes da doença e que pode ocasionar feridas crônicas, infecções e até amputações de membros inferiores”, explicou.

O exame é recomendado para pacientes diabéticos com o objetivo de reduzir o risco vascular do pé-diabético

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciou a oferta do exame de Atenção Básica em maio de 2016, com a implantação do serviço nas UBSs Dr. José Rayol dos Santo (Zona Sul), Leonor de Freitas (Zona Oeste), Alfredo Campos (Zona Leste), Áugias Gadelha e UBS Sálvio Belota (Zona Norte).

A capacitação dos profissionais para ampliação da oferta do Doppler Vascular na rede municipal teve início no dia 3 de abril e segue até o dia 19 de abril. Após a capacitação, o serviço passa a ser ofertado também nas Unidades de Saúde: Morro da Liberdade, Nilton Lins e Theodomiro Garrido, e policlínicas Castelo Branco e Dr. Antônio Reis (Zona Sul); nas UBSs Balbina Mestrinho, Arthur Virgílio e Frei Valério, e policlínicas José Antônio da Silva e Anna Barreto (Zona Norte); nas UBSs Santo Antônio, Deodato de Miranda Leão, Luiz Montenegro, Ajuricaba e Mansour Bulbol (Zona Oeste); e nas UBSs Amazonas Palhano, Leonor Brilhante, Gilson Moreira, Josephina de Melo e Mauazinho.

O equipamento para a realização do exame é portátil, de baixo custo e pode ser utilizado de modo repetitivo. De acordo com a chefe do Núcleo de Controle de Hipertensão Arterial e Diabetes (Hiperdia), enfermeira Sinara Flores, o agendamento para o exame será realizado na UBS onde o paciente faz o acompanhamento, de acordo com a avaliação do profissional de saúde.

“Caso haja alteração no resultado do exame Doppler, o paciente será encaminhado diretamente para consulta com médico vascular, que fará a avaliação para começar o tratamento adequado a cada paciente”, informa Sinara Flores.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir