Política

Prefeito confirma que vai fazer mudanças na prefeitura

Arthur anuncia contenção de custos, em primeira atividade externa pós-licença – Divulgação

O prefeito Arthur Neto (PSDB) confirmou nesta segunda (17) que vai realizar uma reforma administrativa em seu governo para enxugar gastos e cortar custos. A declaração foi dada pela manhã, durante o início do programa “Operação SOS Enchente”, no bairro Educandos, na Zona Sul de Manaus, voltado à prevenção da cheia em Manaus, a fim de minimizar os efeitos da enchente aos moradores das margens do rio.

“Vamos modificar o que necessita ser modificado, trazendo um equilíbrio melhor, mais positivo e de melhor proveito administrativo para cidade. Tudo se transforma e nada se perde. A única verdade da mudança é da vida. A gente tem que mudar por dentro e por fora”, disse o tucano. Apesar de acenar com mudanças na gestão municipal, Arthur Neto disse que está dialogando com todos os secretários municipais e com o vice-prefeito Marcos Rotta (PMDB), de forma a ficar a par dos principais problemas de cada pasta.

Essa foi a primeira aparição pública de Arthur após licença médica de quase 40 dias para o tratamento de câncer na próstata. Ele afirmou ainda que vai sancionar, nas próximas semanas, o projeto de lei aprovado semana passada na Câmara Municipal de Manaus (CMM), que cria o Fundo Social de Solidariedade (FSS), que será gerenciado pela primeira-dama, Elizabeth Valeiko.

O principal objetivo do fundo é atuar na assistência social, buscando financiamento de programas e ações para a solução de problemas de relevante alcance social, permanentes, crônicos ou de natureza temporária e cíclica na área urbana e rural do município de Manaus. Conforme o prefeito, o órgão não contratará ninguém. “O que vamos fazer é pegar poucas pessoas que são do quadro da prefeitura e remanejar para o fundo. O gasto será mínimo em comparação ao benefício que trará”, acrescentou.

O prefeito disse ainda que o Fundo Social vai atuar em conjunto com os demais órgãos da administração pública municipal. “É uma conquista e traz uma visão específica que não colide com as instâncias que já existem e vem somar. Quanto mais gente fazendo, melhor”, finalizou.

Diogo Dias
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir