Dia a dia

Prefeito apresenta integração de centros de monitoramento de transportes e trânsito

 

O primeiro a ser visitado foi o Centro de Controle Operacional do transporte coletivo, na rua Dr. Thomas, Nossa Senhora das Graças, que já está em funcionamento - foto: divulgação

O primeiro a ser visitado foi o Centro de Controle Operacional do transporte coletivo, na rua Dr. Thomas, Nossa Senhora das Graças, que já está em funcionamento – foto: divulgação

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, apresentou na tarde desta quarta-feira, 15, os centros de monitoramento operacional de Transportes e Trânsito que irão trabalhar, a partir de agora, de forma integrada para o aperfeiçoamento das ações relacionadas aos dois componentes nas vias de grande fluxo da cidade.

O primeiro a ser visitado foi o Centro de Controle Operacional do transporte coletivo, na rua Dr. Thomas, Nossa Senhora das Graças, que já está em funcionamento. Durante a visita, os diretores do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano (Sinetran) apresentaram o sistema, o qual permite que a operação de toda a frota de ônibus do sistema seja monitorada em tempo real, fazendo com que a prefeitura tenha informações exatas sobre o cumprimento de horários, itinerários e viagens programadas das linhas.

No Centro de Controle Operacional do Manaustrans, na avenida Teomário Pinto, na Chapada, o prefeito mostrou à imprensa junto com o presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Paulo Henrique Martins, como funciona a interligação dos sistemas operacionais do trânsito.

Todo o aparato tecnológico monitora em tempo real o trânsito nas vias da cidade por meio de imagens transmitidas por aproximadamente 250 câmeras instaladas em vários pontos da cidade. No local, também é possível monitorar o Sistrans, moderno sistema de monitoramento de trânsito, lançado no início da semana pelo prefeito.

“Eu diria que Manaus está na era da contemporaneidade e não pode mais trabalhar como antigamente. Quanto mais formos capazes de virtualizar Manaus, mais vamos poder agir sobre a realidade de maneira mais efetiva. O meu grande sonho é chegar ao nível de cidade inteligente. Estamos lutando, investindo em recursos de desenvolvimento e também fazendo as melhorias que nos forem possíveis. Temos aqui dois excelentes centros de operações e vamos continuar trabalhando para buscar as melhores soluções para aqueles que usufruem do transporte coletivo e necessitam otimizar o tempo no trânsito”, disse o prefeito.

Para o superintendente Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho, a fiscalização instantânea disponível no Centro de Controle Operacional do transporte coletivo, possibilita a detecção de todos os problemas do sistema e tempo para resolvê-los. “Manaus ganha com isso. O sistema, hoje, consegue fazer todas as viagens programas, agora o problema é a frequência porque temos que fazer que todos saiam de suas rotas em uma mesma frequência regular. Se hoje o ônibus anda lotado é por causa dessa irregularidade”, destacou Carvalho.

O presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins, voltou a explicar que todas as câmeras de monitoramento do CCO estão interligadas aos equipamentos do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) e atuam de forma conjunta para oferecer uma resposta, principalmente em relação aos problemas voltados ao trânsito para a população. Ele explicou que com a implantação do Centro de Controle Operacional da Prefeitura de Manaus, todo o sistema atenderá as necessidades da população de forma mais precisa e eficaz.

“A cidade de Manaus precisa estar na vanguarda. Ela é uma cidade moderna e precisa sempre estar na frente e precisamos fazer isso no trânsito. Estamos modernizando a cidade, a prefeitura vai ter a partir de todos esses centros de controles unificados muito mais capacidade de atendimento e melhorar o trânsito. E o quê que se ganha? A pessoa vai ficar menos tempo no trânsito e mais horas para ele ter com a família”, destacou Martins.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir