Dia a dia

Praia da Ponta Negra tem baixo movimento

Toda a estrutura do balneário volta a funcionar na mesma dinâmica anterior - foto: Janailton Falcão

Toda a estrutura do balneário volta a funcionar na mesma dinâmica anterior – foto: Janailton Falcão

No primeiro dia após 38 dias de interdição, o movimento na praia da Ponta Negra esteve abaixo do esperado na manhã de ontem, e também em virtude da saída dos manauenses para outros municípios causado pelo feriado prolongado. A praia foi liberada porque atingiu a cota esperada pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), de 17 metros.

Para o permissionário de uma das barracas da praia, José Carlos, a expectativa é que o movimento volte a crescer. “As expectativas são as melhores possíveis. Estava tudo parado nesses últimos dias e agora é aguardar”, afirma o comerciante.

Segundo Gilberto Alves, que aluga barracas na beira da praia, o horário da manhã geralmente registra pouco fluxo de pessoas. “As pessoas costumam ir à praia a partir das 14h para tomarem a sua cervejinha, vir com a família e com os amigos. Muitas pessoas não sabem que a prefeitura permitiu a reabertura da praia, também”, diz.

Monitoramento

O secretário-chefe do Gabinete Militar da prefeitura, coronel Fernando Farias, explicou que com a liberação, toda a estrutura do balneário volta a funcionar na mesma dinâmica anterior, com Corpo Permanente de Segurança com salva-vidas, bombeiros, equipes de atendimento em saúde de plantão, Guarda Civil Metropolitana e Polícia Militar na área da praia, até as 17h, quando o banho é permitido. Depois desse horário, para segurança do usuário, é proibido entrar no rio.

“Vamos seguir cumprindo o Termo de Ajustamento de Conduta que determina o uso da praia até as 17h, sempre auxiliando o Corpo de Bombeiros nesse trabalho de monitoramento”, diz Farias.

Por Stênio Urbano

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir