Economia

Potencial econômico do AM é tema de debate entre Brasil e Alemanha

A pauta da reunião foi o potencial econômico do Estado – fotos: Valdo Leão/Secom

O governador do Amazonas em exercício, Henrique Oliveira, recebeu, na tarde desta quinta-feira (8), na sede do Governo do Amazonas, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, a visita do novo embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, que assumiu o cargo há seis meses. A pauta da reunião foi o potencial econômico do Estado, tendo como temas de discussão a Matriz Econômica Ambiental, o desenvolvimento do Pólo Industrial e a volta de seu crescimento, as ações para preservar a floresta, a manutenção da segurança nas fronteiras, o apoio às comunidades indígenas e as relações internacionais.

Henrique Oliveira explicou que o encontro faz parte de uma estratégia do Governo do Amazonas para estreitar seu relacionamento com outros países e aumentar investimentos no Estado. Na ocasião, o governador em exercício fez questão de apresentar os avanços do Estado, principalmente nos setores de Economia, Meio Ambiente e Segurança.

Henrique Oliveira, recebeu a visita do novo embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel

“O governador José Melo vem incentivando cada vez mais essas relações com os países com grande potencial de investimento. Para isso, reuniões como estas, com representantes de um país como a Alemanha, que já possui algumas empresas aqui, são essenciais”, afirmou.

Também participaram do encontro os secretários de Estado de Segurança, Sérgio Fontes, da Fazenda, Jorge Jatahy, de Meio Ambiente, Ademir Stroski, a presidente da Agencia Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (Aades), Márcia Hilário, o presidente da Fundação Estadual do Indio (FEI), Raimundo Sobrinho, e o secretário executivo adjunto de Políticas Internacionais, Farid Mendonça Junior.

Acompanhado por sua comitiva, que incluiu a embaixatriz da Alemanha, Sabine Witschel, o embaixador alemão está no Amazonas para conhecer as potencialidades da região.

De acordo com ele, o Estado é extremamente atraente para seus investidores graças aos modelos de incentivo da Zona Franca de Manaus e as novas propostas de preservação que o Amazonas desenvolve.

“A BMW é um exemplo de que essas empresas podem sim prosperar aqui no Estado. Além disso, o cuidado com o meio ambiente fomentado aqui é outro fator que contribui para o aumento do nosso interesse, uma vez que essa é uma preocupação global”, disse o embaixador.
Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir