Economia

Postos da Zona Leste e Sul vendem gasolina mais barata em Manaus, afirma pesquisa

Os preços mais baixos de gasolina comum foram registrados em postos nos bairros das Avenidas Autaz Mirim (Tancredo Neves), Rodrigo Otávio (Japiim), Silves (Raiz) e Rodovia BR 319 (Distrito Industrial)  - foto: Diego Janatã

Os preços mais baixos de gasolina comum foram registrados em postos nos bairros das Avenidas Autaz Mirim (Tancredo Neves), Rodrigo Otávio (Japiim), Silves (Raiz) e Rodovia BR 319 (Distrito Industrial) – foto: Diego Janatã

O consumidor que quiser economizar no preço do combustível em Manaus, conta agora, com mais de quatro opções de postos de venda de combustível ao valor de R$ 3,49. Uma pesquisa divulgada ontem pelo Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon/AM), apontou que as Zonas Leste e Sul da capital vendem o litro da gasolina a preços mais baixos.  

O valor que pela segunda vez em menos de um mês apresentou queda de R$ 0, 20 em relação aos R$ 3,85 que eram cobrados, abrange preços de gasolina comum, aditivada, etanol hidratado, óleo diesel comum (não aditivado) e óleo diesel S10 (aditivado).

O vice-presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Amazonas (Sindicam), Geraldo Dantas, disse que os empresários começaram a senti queda nas vendas e para não perder para concorrência, acabam aderindo a estratégias que quem ofertar o melhor lance, sai ganhando. “Cada proprietário de posto de gasolina tem uma estratégia pessoal, alguns estão buscando aumento de vendas atuando em liquidações. Com o consumidor retraído não há como não fazer a melhor oferta”, afirmou.

Dantas ressalta que essa adesão não justifica queda ou aumento do litro da gasolina, porém, trata-se de uma politica individual de cada distribuidor. “Não existe nada que justifique essa queda. Não houve baixa da Petrobras nem de nenhum outro órgão, essa é uma opção deles (distribuidor), eles só vão sentir impacto quando esvaziar o estoque, daí que vão decidir se vão adota a prática ou não, até lá segue revendendo”, disse.

Os preços mais baixos de gasolina comum foram registrados em postos nos bairros das Avenidas Autaz Mirim (Tancredo Neves), Rodrigo Otávio (Japiim), Silves (Raiz) e Rodovia BR 319 (Distrito Industrial) – nesses lugares, o combustível é vendido a R$ 3,49. Este último posto também comercializa a aditivada pela mesma quantia.

O dirigente do Sindicam disse ainda que dependendo do volume de gasto de cada cliente, o que for gastar mais a tendência de procura pelo menor preço também será maior. “A convergência depende de cada cliente, se por exemplo, o cliente que põe R$ 20 a R$ 50 reais de gasolina e não consumir muito, pra ele não irá fazer tanta diferença, mas aquele cliente que consume mais esse preço significativo vai ter grande impacto pela frente”, explicou

Queda

O alto preço dos combustíveis nas bombas reduziu o volume de venda da gasolina, etanol e diesel. O cenário local segue a tendência nacional de mercado, que registrou queda de 6,8% das vendas do etanol, de 6,6% do diesel e de 2,6% da gasolina, de acordo com dados divulgados ontem pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Por Lindivan Vilaça

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir