Política

Posse de aliado continua indefinida na Suframa

Rebecca Garcia passou quase um ano para ser confirmada à frente da Suframa. Ela nomeou um superintendente-adjunto, mas ato foi suspenso - foto: divulgação

Rebecca Garcia passou quase um ano para ser confirmada à frente da Suframa. Ela nomeou um superintendente-adjunto, mas ato foi suspenso – foto: divulgação

Dois meses após o governo federal nomear e exonerar no dia seguinte o ex-executivo do grupo Garcia e integrante do diretório do PP no Amazonas, Walter Sipelli, à Superintendência Adjunta de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), a nomeação para o cargo continua indefinida.

A superintendente Rebecca Garcia (PP) lamenta o entrave que se formou em torno dessa nomeação, mas afirma que a autarquia tem servidores competentes que têm ajudado bastante no andamento dos trabalhos.

No dia 12 de janeiro deste ano, o governo federal nomeou Sipelli para o cargo. Mas, no dia seguinte, o então ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, revogou a portaria de nomeação. À época, Rebecca foi a Brasília e disse que a exoneração do auxiliar foi resultado de um erro na tramitação do processo de nomeação do aliado para o cargo.

Rebecca, que assumiu a Suframa em 2015, cogitou deixar a autarquia caso o ex-secretário-geral do PP não fosse confirmado no cargo. “Não quero passar um período na Suframa para responder processo para o resto da minha vida. Quero ter segurança de que o que estou fazendo está sendo feito da maneira correta. É preciso que a gente saiba que a pessoa vai se dedicar e que tenha competência para distinguir o que é certo e o que é errado Se não for uma pessoa de minha confiança eu não vou ficar no cargo”, disse à época.

Sipelli foi secretário-geral do Partido Progressista (PP) no Amazonas e foi nomeado por Rebecca Garcia para ser subsecretário de governo na Secretaria de Governo do Estado (Segov), em dezembro de 2012, durante a gestão de Rebecca.

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o qual a Suframa está vinculada, informou que não se manifestará sobre o cargo na autarquia. O EM TEMPO tentou contato com Walter Sipelli, ontem, mas não obteve sucesso.

 

Da redação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir