Dia a dia

‘Porcão’ é preso por sequestro relâmpago em estacionamento do Hospital João Lúcio

André e Weverson utilizaram o carro em que as vítimas estavam para cometerem roubos naquela região e mantiveram as mulheres no interior do veículo – Divulgação

Responsável pelo sequestro em agosto de duas mulheres no estacionamento do Hospital Pronto-Socorro João Lúcio, localizado no bairro São José, Zona Leste, André Ramos Takafaz, de 29 anos, conhecido como “Porcão”, foi preso na tarde de segunda-feira (11),  em via pública, no bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste da capital. A prisão do infrator foi efetuada pela equipe do 28° Distrito Integrado de Polícia (DIP), por volta das 15h.

Segundo o delegado Pablo Geovanni, titular da 3ª Seccional Leste, no dia 7 de agosto deste ano, André e um comparsa, identificado como Weverson de Oliveira Nascimento, de 23 anos, abordaram duas mulheres, de 25 e 47 anos, que estavam em um veículo modelo Grand Siena, de cor preta, no estacionamento do hospital. Na ocasião, os infratores, em posse de uma arma de fogo, renderam as vítimas.

“André e Weverson utilizaram o carro em que as vítimas estavam para cometerem roubos naquela região e mantiveram as mulheres no interior do veículo. Durante a ação criminosa, a vítima de 47 anos passou mal e desmaiou. Os infratores então abandonaram as mulheres no bairro Armando Mendes, em via pública, e o veículo foi deixado naquele mesmo bairro”, explicou Geovanni.

Leia também:Bandidos fazem vítimas no Hospital João Lúcio para assaltos e sequestro relâmpago

O EM TEMPO publicou, na ocasião, o caso com exclusividade. Durante as investigações, a equipe do 28º DIP conseguiu identificar André. Os mandados de prisão preventiva em nome dele e o do comparsa foram expedidos no dia 5 de setembro deste ano, pela juíza Áurea Lina Gomes Araújo, no Platão Criminal.

Pablo Geovanni destacou que Weverson foi preso no dia 31 de agosto deste ano, durante ação integrada envolvendo policiais civis lotados no 25º e 28º DIPs. O jovem foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária por latrocínio cometido no dia 29 de junho deste ano, em uma distribuidora no bairro Armando Mendes, Zona Leste da capital.

“Weverson, juntamente com um indivíduo conhecido como ‘Zezinho’, cometeu um latrocínio em uma distribuidora. O dono do estabelecimento reagiu e Weverson o alvejou. No momento da prisão de Weverson foram apreendidas duas armas de fogo com ele”, enfatizou o delegado.

Ao término dos procedimentos cabíveis, André será encaminhado ao CDPM, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

EM TEMPO
Com informações da assessoria

Leia mais:

Vídeos: assaltantes atiram na cabeça de motorista e fazem moradores de reféns na Cidade Nova

Perseguição: vídeo mostra prisão de quadrilha acusada de sequestro na Cidade Nova

Após 24h, sequestro de mãe e filho de 1 ano continua sem resposta; caso pode ter reviravolta

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir