Mundo

Por falta de trabalhadores, EUA emitirão 15 mil vistos

EUA quer trabalhadores sazonais

Os Estados Unidos autorizaram nesta segunda-feira (17) a emissão de 15 mil vistos adicionais para trabalhadores sazonais devido à falta de mão de obra em setores de baixa qualificação. O anúncio contradiz o mote anti-imigração do governo de Donald Trump, que vem estimulando empresários do país a comprar produtos americanos e priorizar trabalhadores do país.

O secretário de Segurança Interna, John Kelly, disse que a medida demonstra o “compromisso do governo em apoiar as empresas americanas”.

Segundo funcionários do departamento chefiado por Kelly, os vistos H-2B adicionais representam um aumento de 45% no limite máximo semestral de emissão desse tipo de vistos. A lei atual fixa em 33 mil o teto de vistos H-2B emitidos por semestre.

Leia também: Sem novos passaportes, companhias aéreas permitem troca sem multa

O aumento no número de vistos temporários responde à demanda dos setores de pesca, turismo e construção. As empresas que precisem contratar mais estrangeiros temporariamente deverão solicitar autorização do governo e comprovar que, sem os imigrantes, seus negócios correriam riscos.

Em fevereiro, Trump pediu ao Congresso a mudança das regras de imigração no país de modo a priorizar trabalhadores estrangeiros com alta qualificação.

Leia mais

Sem novos passaportes, companhias aéreas permitem troca sem multa

Idec diz que suspensão de emissão de passaportes é ilegal

PF suspende emissão de passaporte por tempo indeterminado

Folha Press

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir