/* */
Dia a dia

População reclama de falta de água em vários bairros de Manaus

Moradores reclamam da falta de água nos bairros de Manaus

A localização de Manaus, às margens dos maiores rios do mundo deveria contemplar a cidade com água em todos os bairros, mas não é o que ocorre na capital do Amazonas, que sofre há anos com o problema. No bairro São Jorge, moradores reclamam que estão há semanas sem águas nas torneiras, o que vem causando desconforto à população. É o caso do técnico em TI, Jonisson Araújo Pereira, de 34 anos. Segundo ele, a concessionária não informa a causa da interrupção.

“Há meses está faltando água, sem nenhum aviso ou satisfação por parte da empresa de abastecimento. Algumas vezes falta água por três noites seguidas e há um dia ou dois de abastecimento, depois mais três noites sem água novamente. Isso já é rotina e olha que somos praticamente vizinhos da concessionária de água que fica na Ponta do Ismael. Não há justificativa para esse racionamento”, disse.

Na rua Ituiutaba, no bairro Redenção, na Zona Centro-Oeste, o problema se repete. Os moradores reclamam que ficam dias sem o fornecimento de água e quando volta só chega durante a noite.

Moradores do Morro da Liberdade também reclamam do mesmo problema. “Aqui era ótimo em relação ao fornecimento de água, mas nos últimos meses virou um tormento. Falta água com frequência desde o mês passado. Quando a água chega, dura uns 30 minutos , mas vai embora logo e só volta no dia seguinte”, disse o estudante Lucas Guedes, de 17 anos.

A reportagem do EM TEMPO entrou em contato com a empresa Amazonas Ambiental, que enviou a seguinte nota:

A Manaus Ambiental informa que, nos bairros Vila da Prata e São Jorge, zona Oeste, foi realizado serviço de manutenção de rede na rua Vitória Régia, na última terça-feira (20). O abastecimento já foi normalizado. No Morro da Liberdade, zona Sul, foi detectado um vazamento na Avenida Presidente Kenedy (Educandos). A concessionária já está com uma equipe na área realizando os reparos.

No Redenção, zona Centro-Oeste, o problema também foi provocado por um vazamento, mais precisamente entre a Desembargador João Machado e a Travessa dos Franceses. A situação no local já está normalizada.

Em relação ao bairro Santa Etelvina, zona Norte, uma equipe foi enviada ao local para verificar a ocorrência e solucionar com a maior brevidade possível.

A Manaus Ambiental reitera, ainda, a importância de realizar registros das ocorrências em nossos canais de atendimento, que estão disponíveis 24h, conforme abaixo:

SAC: 0800 092 0195

SAC (demais localidades): (92) 3627-8360

E-MAIL: [email protected]

Mara Magalhães
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir