Sem categoria

Policial Militar que matou o pai continua foragido; caso vai ser investigado pela PC

Todos os casos estão sendo encaminhados para a Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS)  -foto divulgação

Todos os casos estão sendo encaminhados para a Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) -foto divulgação

Continua foragido o soldado William Silva Mendes, 31, lotado na 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que matou o próprio pai e um vizinho na noite desta quarta-feira (5), na Zona Centro-Oeste de Manaus. Segundo a Polícia Militar, o policial estava de folga no dia dos crimes e, portanto, as investigações serão feitas pela Polícia Civil.

Em nota, a Polícia Militar do Amazonas informou ainda que a conduta do soldado está sendo analisada pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD), e que ao final dos procedimentos poderá concluir por sua permanência ou não nas fileiras da corporação.

Em consulta ao histórico funcional do militar, o PM William da Silva Mende serve a corporação há quatro anos, sem apresentar desvio de conduta, com vários elogios em sua ficha pessoal e sempre apresentou um bom comportamento tanto na condução de seu trabalho como no relacionamento com seus pares.

Os crimes

O policial matou o pai, Antenor Tavares Mendes, 61, com um tiro após presenciá-lo tentando matar a sua mãe. O crime ocorreu por volta das 21h de ontem, na casa da vítima localizada na rua na 18, conjunto Hiléia, Zona Centro-Oeste.

O empresário Sérgio Ferreira da Silva, vizinho da vítima, também foi morto pelo policial. Segundo testemunhas, ele teria ouvidos os disparos e na intenção de ajudar o vizinho, foi atingido com dois tiros no tórax. Ele ainda chegou a ser levado para o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, mas morreu poucos minutos depois de dar entrada na unidade.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir