Dia a dia

Policial militar é atingido durante troca de tiros com bandidos, na Zona Norte

Um dos suspeitos foi preso no momento da ação policial - foto: Arthur Castro

Um dos suspeitos foi preso no momento da ação policial – foto: Arthur Castro

O cabo da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) identificado como Pedro Soares foi atingido no braço, durante troca de tiros com três bandidos, que estavam sequestrando um empresário. O caso aconteceu no final da tarde desse sábado (31), na avenida Timbiras, bairro Cidade Nova, Zona Norte da cidade.

Segundo informações da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a guarnição estava realizando patrulhamento pela área, quando foi informada que um empresário identificado como Marcelo Barboza, 43, tinha sido sequestrado e que os bandidos estavam com ele em um veículo modelo F-250, cor branca, placa NOK-3926, que pertence à vítima.

Os policiais realizaram buscas pelo bairro e localizaram os suspeitos no veículo com as características repassadas. Ao perceber a presença da polícia, os suspeitos dispararam contra a viatura. Os policiais revidaram e começou a troca de tiros. Durante a ação, o policial acabou sendo atingido com um tiro no braço esquerdo.

O PM foi levado para o Hospital e Pronto Socorro João Lucio, na Zona Leste da cidade, onde passou por um procedimento cirúrgico, e na manhã deste domingo (1) foi liberado. O estado de saúde dele é estável.

Ao EM TEMPO Online, a vítima relatou que tinha ido ao um galpão localizado no bairro Aguas Claras, também na Zona Norte, realizar o pagamento de seus funcionários quando foi surpreendido pelos bandidos.

“ Quando estava fazendo os pagamentos dos rapazes que trabalham comigo, chegaram quatro homens em duas motos anunciando o assalto, em seguida chegou mais dois, eles mandaram eu entrar no carro e seguir com eles, quatro estavam no veículo comigo e os outros saíram nas motocicletas, falavam o tempo todo que iam me matar, caso não colaborasse”, disse o empresário.

Dois suspeitos foram presos pela Ronda Ostensiva Candido Mariano (Rocam): Marcos Tadeu Soares da Silva, 29, e Neilton dos Santos Sacramento, 31, com o Marcos foi encontrado um revólver calibre 38 com três munições deflagradas.

Os outros suspeitos conseguiram fugir, levando aproximadamente R$ 7 mil em espécie da vítima e joias como um cordão e uma aliança ambos de ouro.

Os suspeitos foram levados para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde forma autuados por tentativa de homicídio e roubo. Eles foram encaminhados a cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por Mara Magalhães

Matéria atualizada às 11h36

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir