Dia a dia

Policiais recapturam foragido que assaltou banco na Compensa

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Reinaldo Figueira, titular da 43ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Nhamundá, município localizado 383 quilômetros em linha reta da capital, recapturou de terça-feira, dia 11, no porto daquela cidade, no interior de uma embarcação com destino à Parintins, município distante 393 quilômetros em linha reta, Álvaro Terço Ralph, 32, apontado como autor de assalto e tráfico de drogas praticados em Manaus.

De acordo com a autoridade policial, o infrator estava com mandado de prisão por cumprir desde 2015 assinado pela juíza da 4ª Vara Criminal, Margareth Hoagen. Ele foi interceptado durante ação conjunta entre as polícias Civil, Militar de Nhamundá e Estado do Pará dentro da embarcação que saiu de Manaus segunda-feira, 10, com destino a Parintins e fazia escala no porto de Nhamundá.

Segundo o delegado da 43ª DIP, a polícia paraense compartilhou informações que, Álvaro Ralph e um grupo suspeito de homens estava em uma embarcação, que havia saído do porto de Manaus e parou no porto de Nhamundá. “Os policiais se deslocaram para o porto da cidade, onde conseguiram interceptar o infrator”, informou a autoridade policial.

Ainda segundo o delegado da 43ª DIP, o foragido foi interceptado junto com outros homens, mas durante identificação dos detidos a Polícia Civil conseguiu identificar que apenas Álvaro Ralph estava com mandado de prisão desde 2015. “Durante a ação o infrator não esboçou resistência quando foi dada a voz de prisão”, disse.

De acordo com a Reinaldo Figueira, em setembro de 2014, o infrator liderou o grupo formado por seis homens responsáveis pela ação cinematográfica que resultou no roubo de R$ 650 mil do banco Itaú, localizado no Compensa. Além disso, o homem também responde pelo crime de tráfico de drogas e roubos a caixas eletrônicos em Manaus.

Após os procedimentos policiais cabíveis, Álvaro Ralph ficará preso na unidade policial de Nanhundá aguardando transferência para Manaus pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Com informações da assessoria

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top