Sem categoria

Policiais militares são afastados após vazar vídeo em que agridem suspeito algemado

A dupla de policiais militares mostrados no vídeo integram o 2º Batalhão de Choque da PMAM - foto: reprodução

A dupla de policiais militares mostrados no vídeo integram o 2º Batalhão de Choque da PMAM – foto: reprodução

Um vídeo que mostra dois policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) agredindo o suspeito André Souza Rocha, 22, mesmo depois de estar detido e algemado, resultou no afastamento de ambos os policiais. O afastamento foi anunciado pelo Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas nesta quarta-feira (22). A agressão foi registrada na última segunda-feira (18), na rua Mayoruna, bairro Alvorada 1, Zona Oeste, conforme registros do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Os policiais militares mostrados no vídeo integram o 2º Batalhão de Choque da PMAM. De acordo com populares da área, a equipe foi acionada para atender uma denúncia de violência doméstica e ameaça de morte contra Aldalene Ramos Barroso, 41, e a filha dela, uma adolescente de 15 anos, que era namorada de André. Conforme a polícia, André tem envolvimento com o tráfico de drogas.

Ao realizarem os procedimentos de revista ao infrator e buscas no domicílio dele, os policiais o detiveram em flagrante com 215 porções de substância entorpecente com características de cocaína, além de uma pedra da mesma substância. Porém, logo após a detenção as agressões começaram mesmo André já estando algemado.

Em seguida André foi apresentado no 10º Distrito Integrado de Polícia para os procedimentos de polícia judiciária. Aldalene havia registrado um boletim de ocorrência por agressão corporal na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher contra André, em 16 de janeiro (sábado). Segundo a mãe da adolescente, ao proibir o suposto namoro entre os dois, ele a ameaçou de agressão e morte. Mais adiante, Aldalene procurou o Comando de Policiamento Especializado (CPE) para denunciar o caso e ainda denunciar que o rapaz fazia a comercialização de drogas no bairro.

Em nota oficial, a Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas declarou que “Tomou conhecimento das imagens e os policiais militares mostrados no vídeo foram afastados de suas funções, e que foi instaurado um Inquérito Policial Militar para apurar o delito”, diz o texto.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir