Sem categoria

Policiais envolvidos em chacina matavam por diversão, apontam investigações

O mandado de prisão é contra 15 PMs - foto: Ione Moreno

O mandado de prisão é contra 15 PMs – foto: Ione Moreno

Doze policiais militares, que não tiveram as identidades reveladas, foram presos na manhã desta sexta-feira (27), por envolvimento na chacina que vitimou pelo menos 37 pessoas em julho deste ano. O grupo foi detido durante a operação  Alcateia, da Polícia Federal, juntamente com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Entre os envolvidos, está um tenente identificado como ‘Manuel’.

Segundo o corregedor geral da Polícia Militar, Leandro Almada, os policiais militares são autores de oito homicídios ocorrido no final de semana do dia 17 a 19 de junho, no qual 37 pessoas foram executadas. “Algumas pessoas foram mortas por diversão. Outros inocentes também morreram e algumas vezes os policiais saíam para matar sem ter um alvo certo, mas em sua maioria, subtraiam drogas, munições e armas dos traficantes executados”, afirmou.

Ainda segundo o corregedor, mais homicídios envolvendo o grupo de extermínio podem ser descobertos no decorrer das investigações.

Durante a operação foram apreendidos com o grupo cinco veículos usados nas execuções, uma motocicleta, cinco pistolas calibre 40 milímetros, duas pistolas calibre 380 milímetros, cinco revolveres calibre 38, uma escopeta calibre 12 milímetros, uma arma de choque e um quilo de maconha e cocaína.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir