Dia a dia

Polícia recaptura preso que fugiu no dia do massacre do Compaj

Romário é de alta periculosidade, aponta polícia – Divulgação/PC

Os policiais Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) prenderam, em cumprimento de mandado de prisão preventiva, no domingo (19), Romário da Costa Bandeira, 25, que fugiu no dia 1º de janeiro deste ano do Complexo Penitenciária Anísio do Jobim. Naquele dia, conhecido como “massacre do Compaj”, 56 presos foram mortos e 73 fugiram da unidade prisional.

A prisão de ocorreu na Avenida José Henrique Bento Rodrigues, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte. De acordo com o diretor-adjunto do DRCO, Denis Pinho, Romário empreendeu fuga do Compaj durante a rebelião que aconteceu no dia 1º de janeiro deste ano.

“Conseguimos efetuar a prisão do infrator no momento em que ele estava chegando em uma quitinete que havia alugado na manhã de domingo. Chegamos até ele após informações recebidas durante um trabalho minucioso de investigação”, explicou.

Pinho informou, ainda, que o fugitivo estava cumprindo pena por homicídio, latrocínio, roubo e tráfico de drogas.

“Romário é um homem de alta periculosidade e é apontado como pistoleiro do tráfico. Na tarde de ontem montamos campana em frente à casa que ele havia alugado por R$ 300 e pretendia ficar por pouco tempo”, disse.

Ao termino dos procedimentos cabíveis, nas dependências da Delegacia Geral, Romário será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir