Sem categoria

Polícia realiza revista no Centro de Detenção Provisória

Foram encontrados cinco celulares e carregadores, baterias e 130 estoques, instrumentos responsáveis pelos três assassinatos na cadeia - foto: Arthur Castro

Foram encontrados cinco celulares e carregadores, baterias e 130 estoques, instrumentos responsáveis pelos três assassinatos na cadeia – foto: Arthur Castro

Após uma sequência de mortes dentro de unidades prisionais da capital, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) supervisionou, na tarde desta segunda-feira (13), uma revista nas celas e pavilhões do Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM), localizado no quilômetro 8 da BR-174.

Na revista, foram encontrados cinco celulares e carregadores, baterias e 130 estoques (armas branca tipo punhal), instrumentos responsáveis pelos três assassinatos na cadeia.

A primeira morte dentro do CDPM ocorreu no último dia 28 de junho, onde um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC), Rubens Rodrigues Marques Júnior, o ‘Rubão da Praça 14’, foi assassinado dentro de sua cela.

A segunda execução dentro da cadeia foi no dia 7 deste mês, Winchester Uchôa Cardoso, o ‘Chester’, 35, foi decapitado minutos depois de dar entrada no regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Três dias após a segunda morte, Aldemir Picanço de Oliveira, o ‘Deco’, 38, também foi decapitado dentro do pavilhão 1 do CDPM.

Hoje, durante cinco horas de buscas dentro das celas e dos pavilhões, os policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), Batalhão de Choque, Canil e agentes da Coordenadoria do Sistema Penitenciário (Cosipe) encontraram os objetos escondidos.

Por Thaís Gama

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir