Sem categoria

Polícia prende ‘Zico’, irmão do narcotraficante ‘Joao Branco’, e atual ‘comandante’ da FDN em Manaus

O suspeito era procurado pela Polícia Federal - foto: divulgação

O suspeito era procurado pela Polícia Federal – foto: divulgação

O irmão do narcotraficante Joao Pinto Carioca, o ‘Joao Branco’, e o um dos lideres da facção criminosa Família do Norte (FDN), Manoel Ivani Pinto Carioca, o ’Zico’, ou ‘Manoelzinho’, foi preso na madrugada desta quinta-feira (18), por policiais do Departamento de Narcóticos (Denarc).

A prisão aconteceu em uma residência localizada na rua Vitória, conjunto Beija-Flor 2, Zona Centro-Sul de Manaus.

Segundo a Polícia Civil, após as transferências dos líderes da organização criminosa para presídios federais pela operação ‘La Muralla’, em novembro do ano passado, ‘Zico’ era agora quem comandava a FDN na capital.

De acordo com o titular do Denarc, Samir Freire, a prisão foi realizada em parceria com a Polícia Federal, em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido no dia 6 de novembro, pelo Juiz Marllon Souza 3ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecente (Vecute).

“Após recebemos a informação sobre a localização do suspeito, fomos ao local e conseguimos efetuar a prisão. Com ele não foi encontrado nenhum produto ilícito, apenas celulares. Com a fuga do João Branco e com a transferência do Zé Roberto, ele estava comandando a FDN. Essa prisão foi um grande golpe nessa organização criminosa”, disse Samir Freire.

Ainda conforme o delegado, ‘Zico’ possui várias passagens pela polícia por crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, além de ser investigado por vários homicídios.
O suspeito será apresentado à imprensa a 14h30 desta quinta-feira (18) na sede da Delegacia Geral, na Zona Oeste da cidade. Após os procedimentos ele será levado para um dos presídios da capital onde ficará em Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), e posteriormente poderá ser transferido para um presídio de segurança máxima em outro Estado.

‘La Muralla’
A operação ‘La Muralla’ teve como objetivo desarticular uma organização criminosa do tráfico internacional de drogas, operando ainda no tráfico de armas, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, roubo, homicídios, sequestro, tortura e corrupção de agentes públicos. À época, foram cumpridos 86 mandatos de prisão, de 127 expedidos pela Justiça Federal.
Além do Amazonas, a operação foi deflagra em outros estados como Ceará, Natal (RN), Boa Vista (RR) e Rio de Janeiro (RJ).

Foragido
O principal líder da FDN, João Pinto Carioca, o ‘João Branco’, continua foragido e é procurado pela polícia em mais de 188 países.

Ele está foragido desde o dia 9 de março de 2014, quando fugiu pela porta da frente do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), e desde então se refugiou em terras venezuelanas e de lá tem comandado o tráfico de drogas no Estado.

O narcotraficante também é procurado pelo envolvimento na morte do delegado da Polícia Civil Oscar Cardoso, morto com 18 tiros, no mesmo dia que ‘João Branco’ fugiu do Compaj.

Por Ana Sena e Mara Magalhães

Atualizada ás 10h para inserção de informações

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir