Dia a dia

Polícia prende dois homens e impede assalto na Zona Sul

Dois homens foram presos na noite desta quinta-feira (30), na Zona Sul, pela equipe do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc). Phelippe Mendonça Marinho, 27 foi preso por tráfico de drogas e Gustavo Franco da Silva Souza, 19, por porte e posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menor.

Phelippe foi denunciado, por volta das 22h, na Rua Luiz Antony, no Centro, por moradores da área. Já Gustavo foi preso, em uma abordagem do Denarc, quando se preparava para roubar um mercadinho junto com um adolescente de 15 anos, por volta das 16h, na Avenida Duque de Caxias, bairro Praça 14, enquanto a equipe do Denarc.

A ação foi coordenada pelo delegado Samir Freire, diretor do Denarc e também resultou na apreensão do adolescente que acompanhava Gustavo.

De acordo com o Freire, Phelippe estava incomodando os moradores há algum tempo e, indignados com a situação, efetuaram a denúncia à Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (1ª Vecute) que passou o registro para o Denarc.

A equipe foi ao local para averiguar as denúncias e observou Phelippe distribuindo entorpecentes. Logo que os policiais começaram a segui-lo, ele percebeu e jogou as drogas em um matagal, momento em que foi feita a abordagem e dada voz de prisão em flagrante. Com ele foram apreendidas 24 trouxinhas de cocaína e R$ 800 em espécie.

Gustavo e o adolescente foram abordados porque estavam com atitudes suspeitas e estavam se deslocando para um estabelecimento comercial. No momento da abordagem os policiais descobriram que eles estavam com revólver 38 e uma pistola 765, com munições. Eles confessaram que planejavam assaltar o mercadinho.

Gustavo vai responder por porte e posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menor. Phelippe responderá por tráfico de drogas. Ambos serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde permanecerão à disposição da Justiça. O adolescente será conduzido à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir