Sem categoria

Polícia Militar reforça segurança durante atos a favor e contra a presidente Dilma em Manaus

A segurança será reforçada  com 610 homens da Polícia Militar - foto: divulgação

A segurança será reforçada com 610 homens da Polícia Militar – foto: divulgação

Cerca de 610 policiais militares do Amazonas farão a segurança dos 40 mil manifestantes, segundo expectativa das organizações dos movimentos, que estarão presente em atos a favor e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) neste domingo (17), em dois pontos diferentes da cidade. De acordo com a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), a operação “Manifestações III”, será comandada pelo Tenente Coronel Franclides Ribeiro, comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM).

A manifestação “Pró impeachment”, que acontece no Complexo Turístico da Ponta Negra, Zona Oeste, local onde concentrará maior número de pessoas, contará com o efetivo de apenas 500 policiais militares, que estarão reforçando a segurança do ato a partir das 13h. Já no Largo de São Sebastião, Centro, 110 homens estarão responsáveis pelo policiamento, também a partir das 13h. A previsão da PMAM é que a segurança pública fique nos locais até as 22h, horário estipulado para o fim da votação do pedido de afastamento da presidente no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília.

A ação será desencadeada pelas equipes da Força Tática e das Companhias Interativas Comunitárias (CICOM’s) e de Policiamento Especializado e suas Unidades subordinadas como as Rondas Ostensivas Cândido Mariano (ROCAM), Comando de Operações Especiais (COE) e Companhia Independente de Policiamento de Cães (CIPcães), além do Comando de Policiamento Ambiental e Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (MARTE).

O efetivo da operação “Manifestações III” ficará estrategicamente dividido em determinados pontos, com ações de visibilidade. De acordo com o comando da PMAM, as tropas especializadas integradas com as tropas convencionais e com o reforço das Unidades Operacionais e Administrativas da corporação irão executar o policiamento ostensivo nos locais de concentração e entorno, itinerário de marcha, buscando preservar a lei e a ordem, prevenindo possíveis ações de vandalismo em órgãos públicos, patrimônio público e privado, bem como crimes contra a vida.

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir