Sem categoria

Polícia investiga possível sumiço do empresário Ritta Bernardino

Os  filhos do primeiro casamento do empresário acusam a companheira dele, Maria da Conceição Saraiva e Silva, de mantê-lo dopado e de maus-tratos - foto: divulgação

Os filhos do primeiro casamento do empresário acusam a companheira dele, Maria da Conceição Saraiva e Silva, de mantê-lo dopado e de maus-tratos – foto: divulgação

Uma briga patrimonial pode ser a motivação do desaparecimento do advogado e empresário Francisco Ritta Bernardino, de 80 anos. A informação foi confirmada após o cumprimento judicial de um mandado de busca e apreensão na casa dele, no qual a polícia não obteve êxito e ninguém foi encontrado.

Conforme a polícia, os filhos do primeiro casamento do empresário acusam a companheira dele, Maria da Conceição Saraiva e Silva, de mantê-lo dopado e de maus-tratos. Mas, a atual família se defende, alegando que as denúncias são mentirosas e não passam de uma briga por herança.

O delegado titular do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rodrigo de Sá Barbosa, informou que o empresário chegou a prestar depoimento na delegacia e não confirmou as acusações dos filhos.

“Ele compareceu no DIP, visivelmente sonolento, e alegou que sua companheira é a mulher de sua vida e que não está sendo proibido de ver seus filhos”, informou.

Ainda o delegado, os filhos denunciam a mulher dele de maus-tratos. “Os filhos dele acusam a companheira de administrar altas doses de medicamentos para mantê-lo dopado e não permitir a visita dos filhos. Ela prestou depoimento há três semanas e alegou que passou a controlar o dinheiro do companheiro e os filhos não aceitam”, contou o delegado, completando que chegou a comparecer na residência do empresário, mas foi impedido de entrar na casa pela companheira do empresário, que repassou o caso à advogada da família.
No escritório administrativo do empresário, localizado no hotel Mônaco, na área central da capital, os funcionários preferiram não detalhar a situação, apenas confirmaram o desaparecimento de Ritta Bernardino.

A Polícia Civil informou que a titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI), Ivone Maria, confirmou que há o registro do crime de maus-tratos, feito pelos filhos do empresário em desfavor da companheira dele.

E no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o titular Rodrigo de Sá Barbosa informou que há um registro de Boletim de Ocorrência (BO) do crime de cárcere privado ou sequestro, também feito pelos filhos do empresário, em janeiro deste ano.

Defesa

O único filho do atual casamento do empresário, Francisco Ritta Junior, 32, fez questão de desmentir a história. Segundo ele, seu pai está fora de Manaus, aproveitando um período de “lua de mel” com a esposa, com quem é casado há 38 anos.

Para Ritta Júnior, toda essa confusão é uma pirraça dos outros quatros irmãos. Ele afirmou que seu pai está bem, tanto que o próprio decidiu voltar para casa após a medida cautelar.

“Não tem outra palavra para utilizar se não pirraça. Meu pai é um grande exemplo de trabalhador. Meus irmãos nunca trabalharam em outra coisa, a não ser com meu pai. Minha irmã boicotou o hotel Ariaú”, afirmou.

Ritta Júnior também apresentou um termo de audiência da 4º Vara da Família realizado no dia 4 de fevereiro, onde Ritta Bernardino diz que não sofre nenhum problema e que seus outros filhos brigam por questões financeiras.

Por Thaís Gama e Thiago Fernando

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir