Sem categoria

Polícia desarticula laboratório de drogas na Compensa

fhfjdhjfhjkhjghkfg - foto: divulgação

O laboratório funcionava em uma quitinete na Zona Oeste  – foto: divulgação

Um laboratório de refino de drogas foi desarticulado por policiais civis do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), na noite dessa segunda-feira (14). O laboratório funcionava em uma quitinete na rua São José, no bairro Compensa, Zona Oeste, onde foram apreendidos três quilos de maconha, além de duas balanças de precisão, e materiais para o refino e embalo das drogas.

De acordo com o delegado Thyago Tenório, dois suspeitos que estavam dentro da quitinete, conseguiram fugir por um buraco que havia na parede da cozinha, que servia como rota de fuga. “No momento em que chegamos no local, observamos algumas pessoas em atitude suspeita na rua, possivelmente “olheiros”. Esses indivíduos provavelmente avisaram os traficantes sobre a presença da nossa equipe no lugar”, disse o delegado.

Conforme a autoridade policial, as investigações apontam que o laboratório pertencia a um traficante apelidado de “Macaco da Compensa”, também conhecido como “Morcego” e “Rato”, primo de Alan de Souza Castimário, 35, o “Nanico”, integrante da facção criminosa Família do Norte (DFN), preso em 2013.

Investigação

O delegado Tenório relatou, que a existência do laboratório foi descoberta após a prisão de uma pessoa, ocorrida no último sábado, dia 12. “Tivemos informações a respeito da intensa movimentação de drogas no local, e iniciamos as investigações. Na noite de ontem, por volta das 19h, realizamos a incursão do loca”, disse.

Dentro da quitinete foram apreendidos três quilos de maconha, divididos em tabletes e embalagens plásticas, uma máquina manual de corte, colheres medidoras, um moedor, pacotes de cafeína, tesouras, duas balanças de precisão, uma faca, recipientes plásticos, peneiras, um liquidificador com vestígios de droga e apetrechos para o embalo dos entorpecentes.

Por Bruna Amaral

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir