Sem categoria

Polícia confirma morte de universitária envolvida em triângulo amoroso no AM

O laudo emitido pela polícia afirma que a causa da morte de Taitiane foi traumatismo craniano - foto: arquivo pessoal

O laudo emitido pela polícia afirma que a causa da morte de Taitiane foi traumatismo craniano – foto: arquivo pessoal

A morte da universitária Taitiane do Nascimento Santos, 26, desaparecida desde o dia 15 de setembro do ano passado, e envolvida em um triângulo amoroso, foi confirmada pela polícia civil na tarde desta quinta-feira (14).

De acordo com a titular da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), delegada Catarina Saldanha, Taitiane teve os restos mortais encontrados no dia 16 de abril deste ano, na rua Sócrates, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. Em seguida, foram encaminhados diretamente para o Instituto Médico Legal (IML), para a realização dos procedimentos cabíveis para a comprovação da suspeita de que a ossada pertencia à universitária.

“Os restos mortais da vítima foram encontrados e [nós] tomamos conhecimento disso através da imprensa, que até então havia divulgado apenas que a ossada poderia pertencer a uma adolescente. A partir daí, a família providenciou que o caso fosse investigado, sendo feita a apuração junto ao IML. Após a análise da arcada dentária, foi expedido o laudo, onde os peritos afirmam que os restos mortais pertencem a Taitiane, através das informações cedidas pela dentista da vítima, nos possibilitando concluir o inquérito”, declarou a titular.

O laudo foi emitido neste mês pelos peritos do Instituto de Criminalística (IC). Ainda conforme o resultado consta que a causa da morte da jovem foi traumatismo craniano – sendo encontrado um projétil de bala no crânio, indicando que a vítima foi morta com um tiro na cabeça.

O inquérito instaurado do desaparecimento será fechado e transferido para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) que dará continuação as investigações do caso.

Entenda o caso

Taitiane se envolveu em um relacionamento extraconjugal com uma colega de classe. Em seguida, elas teriam se envolvido com o marido da amiga de Taitiane, Domingos Roberto. As informações foram passadas pela irmã da vítima, Bibiane Nascimento.

A universitária desapareceu no dia 15 de setembro deste ano, quando foi vista pela última vez pelo marido, no município de Manacapuru, onde o casal mantinha um restaurante.

Bibiane afirmou que, segundo o marido da estudante, Taitiane teria voltado para Manaus dirigindo. O carro da jovem foi encontrado estacionado em frente ao apartamento em que ela morava, no bairro Aleixo, Zona Centro-Sul da capital. As chaves foram encontradas no imóvel que estava trancado e sem sinal de arrombamento.

Por Narel Desiree (especial EM TEMPO Online)

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir