Dia a dia

Polícia Civil dá continuidade à operação para inibir crimes nas ruas de Manaus

Durante a ação as equipes policiais percorreram os bairros todos na Zona Sul. Além das Zona Leste e Norte - foto: divulgação

Durante a ação as equipes policiais percorreram todos os bairros da Zona Sul. Além das Zona Leste e Norte – foto: divulgação

A Polícia Civil sob o comando do delegado-geral, Francisco Sobrinho, deu continuidade na tarde de terça-feira (14), por volta das 17h, à quarta edição da operação policial que teve por objetivo reforçar o trabalho ostensivo nas ruas da capital, reprimir práticas delituosas e oferecer mais segurança à sociedade.

Durante a ação as equipes policiais percorreram os bairros Santa Luzia, Educandos, Centro, Morro da Liberdade e Colônia Oliveira Machado. Todos na zona Sul. Além de bairros situados nas zonas Norte e Leste de Manaus.

Ao longo das fiscalizações realizadas em bares e casas de shows na Rua Visconde de Mauá, Centro da cidade, um estabelecimento foi fechado por estar exibindo material pornográfico, o caracterizou contravenção por importunação ofensiva ao pudor. As imagens de sexo explícito estavam sendo divulgadas em uma televisão e qualquer transeunte que passasse em frente ao recinto tinha acesso ao conteúdo.

O diretor do DPM, delegado Geraldo Eloi, informou que o efetivo de policiais disponibilizado para a operação foi bastante significativo, pois a ação teve como meta reforçar o policiamento em ambientes com maior incidência de crimes. “Estamos percorrendo todas as zonas da cidade e intensificando a presença da polícia nos locais onde há um maior fluxo de pessoas, que é o caso dos terminais de ônibus, de modo a reprimir a ação de meliantes e diminuir o número de delitos que ocorrem nesses lugares”, explicou.

Francisco Sobrinho ressaltou que a presença da Polícia Civil nas ruas é primordial para reforçar a segurança da população, para que todos se sintam seguros nos locais onde moram, no trabalho ou onde quer que estejam.

“Essa operação presencial visa inibir a criminalidade em pontos críticos da cidade e também nos terminais de ônibus, de modo que as pessoas possam transitar nesses locais com maior tranquilidade e sem medo de sofrer qualquer tipo de violência. Os trabalhos irão continuar em todas as zonas da capital e faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para proporcionar segurança à população amazonense”, finalizou.

O trabalho contou com a participação do delegado-geral adjunto, Izair Soares da Silva, e de policiais civis lotados no Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Delegacia Interativa (DI) e Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops).

 

Com informações da assessoria

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir