Dia a dia

Polícia ‘caça’ atirador do prefeito de Maraã, que fugiu rumo a Tefé

Batalhao - patrulhamento

A polícia deslocou três lanchas da Força Tática ao município, na tentativa de capturar o suspeito – foto: divulgação

A Polícia do Amazonas está à procura do suposto assassino do prefeito de Maraã, (a 634 quilômetros de Manaus), Cícero Lopes, morto com um tiro nas costas, no dia 28 de fevereiro. Após prenderem os mandantes do crime, na manhã desta quinta-feira (3), o atirador, cujo nome ainda não foi divulgado, fugiu em uma lancha rumo ao município de Tefé, nesta tarde.

Segundo o major Allan Rêgo, do 3° Batalhão Militar de Tefé, após as denúncias de fuga, a polícia deslocou três lanchas da Força Tática ao município, na tentativa de capturar o suspeito.

Ainda de acordo com a polícia, entre os suspeitos de serem os mandantes do assassinato de Cícero Lopes, dois são primos do vice-prefeito da cidade, Luiz Magno Praiano Morais (PT), e foram identificados como ‘Lazaro’ e ‘Anderson’; já o outro suspeito é um empresário do município, identificado como ‘Ademir’.

Na última terça-feira (1º), a arma, uma espingarda de calibre 20, que segundo a polícia, foi usada no crime, foi encontrada em um terreno baldio atrás da casa do prefeito. Conforme as investigações, a bucha do cartucho da espingarda coincide com a que foi encontrada no local do crime.

Ainda durante a terça-feira, a delegada Alessandra Trigueiro e a equipe de peritos que está no município realizaram uma reconstituição do crime. Após a simulação, foi possível identificar a posição e a distância que o autor ficou da vítima, cerca de 9 metros.

O neto do prefeito, que estava com ele no dia do assassinato, participou da simulação.

Por equipe EM TEMPO Online

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir